Que peças resgatar do inverno passado?

Que peças resgatar do inverno passado

Sabe o que é legal do inverno? A possibilidade de usar as peças do ano passado novamente, economizar e ainda fazer bonito. Isso porque uma coleção nunca muda assim, radicalmente, com relação à outra. “E geralmente existem peças que “linkam” essas coleções, fazem a transição de tendências aos poucos”, diz a professora de estilo da escola de moda Sigbol Fashion, de São Paulo, Juliana Verri. Veja as dicas para saber o que pode ser reaproveitado do inverno passado

O xadrez, que nunca sai de moda, permanece em mais um inverno. E de todos os tipos. “Desde o Vichy (aquele que lembra piquenique) até os de listras mais justas, tanto os discretos quanto os escandalosos”, diz. Além do xadrez, ela aposta nas estampas florais e de bichos.

Juliana acredita nas cores tradicionais, como o cinza, o branco e o preto, mas acha que um toque de verão vai aparecer mesmo no inverno, com cores como o amarelo, vermelho, azul ‘bic’, metalizados, laranja e roxo. “Claro que estas cores mais vivas não serão tão fortes como costumam ser no verão, mas elas vão dar um toque num inverno inovador”.

Nos acessórios, um viva! Aos xales e cachecóis - eles também permanecem. “Podem ser usados para complementar um look, tendo uma cor de destaque, um trabalho à mão ou alguma estampa”.

Agora pode abrir as caixas e desocupar os maleiros. Muitas das roupas do inverno passado poderão ser reaproveitadas. “Ainda vamos ver muito a saruel, o xadrez, a meia-calça colorida (que deve ser usada com cuidado), as calças de cintura alta, as bolsas gigantes (apesar da carteira também estar em destaque) e os lenços em estilo árabe, amarrados ao pescoço”, aposta Juliana.


Segundo ela, complementar o look com a customização ou acessório diferente é interessante para qualquer época. “Vale também incluir estilo pessoal. Duas pessoas podem ter a mesma roupa, mas a maneira que elas coordenam muda totalmente o visual”.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente