Proposta forte da temporada: elementos masculinos

Na época do SPFW eu falei por aqui sobre essa onda de misturar masculino e feminino, contando as marcas que fizeram isso nas passarelas.

Obviamente, na moda, isso começou há muito tempo, quando Chanel e, posteriormente, Saint Laurent (entre outros) ajudaram a integrar calças, ternos e smoking femininos ao nosso cotidiano.

Agora que essas peças são itens comuns, sem a carga de protesto que possuiam antigamente, as outras barreiras que restavam entre os dois universos estão sendo derrubadas, pouco a pouco.

O pontapé inicial veio com as calças boyfriend, seguido pela retomada dos ombros marcados, mas outros elementos ganharam força total nos looks femininos mundo afora.

Aqui no Brasil as mais antenadas usam faz tempo, mas para o grande público essas peças estão aparecendo nas lojas só agora. Como toda vez que uma tendência ganha as ruas, junto com a oferta vêm as dúvidas: como usar essa proposta no dia a dia?

Cabe a você optar se o look vai ser completamente andrógino, ou não.

O tanto de referências masculinas será definido de acordo com seu estilo, mas, mesmo que você seja super romântica e feminina, esses elementos podem ser usados apenas para pontuar os looks - quebrando a mensagem ultra fofa.

O romantismo de uma saia de renda de cintura alta pode ser quebrado com um suspensório, ou um cinto masculino, por exemplo.

A mesma linha atinge também os pés. Uma das escolhas mais vistas nos sites internacionais de street style é o sapato tipo oxford. Este pode ser combinado com uma calça boyfriend ou de alfaiataria com a barra dobrada, ou mesmo com um vestidinho cheio de babados.

Para quem quer carregar um pouco mais, o coturno virou febre e já chegou até na coleção de inverno das grandes lojas de departamento.

Outra peça ótima para modernizar o look com um toque masculino é o colete de alfaiataria - presente há algumas temporadas. É talvez a peça mais versátil e pode tanto ser usado num look inteiro masculino (calça de alfaiataria e camisa), para "quebrar" a feminilidade de alguma peça, ou simplesmente deixar aquele jeans e camiseta básicos ou pouco mais arrumados.

Camisões lisos, jeans ou xadrezes, são uma boa para sobrepor um tubinho, uma legging ou até mesmo para coordenar com uma saia de plumas, como fez Victoria Ceridono (RG Vogue/Dia de Beautè) no SPFW. E que tal combiná-lo com coturnos e uma meia de renda - super em alta nessa temporada?

[galeria]


Todos esses itens são, além de tudo, ultraconfortáveis. Mas uma ressalva: a sua escolha pode passar uma imagem muito vanguardista ou até um pouco rebelde. Portanto, não se esqueça de avaliar a mensagem pretendida antes de soltar a imaginação nos looks andróginos. "

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

Comente