O "look" e os estilos básicos

Outro dia uma cliente me contou que Maria Callas dizia que "uma mulher precisa encontrar o seu look". A julgar pela aparência inesquecível desta que foi a maior soprano de todos os tempos podemos dizer que essa afirmação é corretíssima.

O "look" é aquela imagem com a qual todo mundo nos associa. É a tradução da nossa personalidade em forma de imagens. Audrey Hepburn tinha o seu, Jackie Onassis também. Madonna já teve vários e continua mudando de tempos em tempos, mas conseguimos associá-los à cada fase da vida dela (ou álbum).

Em uma consultoria, utilizamos análise de questionários, imagens e muita conversa para descobrir os estilos básicos de cada cliente. Aliados à informações como biótipo e coloração pessoal, são o ponto de partida para que o tal "look" seja definido.

Essa classificação de "looks" pode ser dividida em sete categorias:

- Natural ou esportivo - São espontâneos, diretos, ativos, comunicativos, informais e têm muita energia. Usam roupas básicas, práticas e confortáveis, já que não perdem tempo cuidando muito da aparência. Bolsos, capuzes, zíperes, cores vivas ou cores terrosas geralmente são sua escolha.

- Elegante - Estilo de pessoas refinadas, seguras, imponentes e sofisticadas. Estão sempre impecáveis e procuram roupas da melhor qualidade e durabilidade. Geralmente optam por looks monocromáticos, tons sobre tons, cores neutras e discretas. Apesar das suas roupas durarem anos, estão longe de parecer caretas.

- Romântico - Mulheres ultra femininas, charmosas, meigas, delicadas, gentis, atenciosas, doces, carinhosas, suaves... Sempre têm um ar de ingenuidade. Abusam de estampas florais, texturas delicadas, laços, fitas e tricôs. Os acessórios são pequenos e com elementos retrô e as cores são leves e sem contraste.

- Sexy - Autoconfiantes, corajosas, atentas com o corpo, seguras e sensuais. Esse estilo é mais adequado para a noite, por isso geralmente é muito visto em atrizes e modelos. São mulheres vaidosas que apostam em peças que valorizem as curvas - justas, decotadas e transparentes. Na sua cartela encontram-se cores marcantes, como o vermelho, e estampas de pele de animal.

- Moderno ou dramático - Pessoas distantes, cosmopolitas e arrojadas. Pode ser a versão exagerada do estilo elegante. Sempre seguindo (ou antecipando) tendências, usam roupas de cortes atuais e possuem uma imagem moderna e pouco conservadora. Geralmente optam por cores fortes, luminosas e contrastantes, com estampas, golas, ombreiras e detalhes extravagantes que chamem a atenção para a parte de cima do corpo (ombros e rosto).

- Tradicional - Conservadoras, profissionais, eficientes, idôneas, sérias, austeras, sensatas, honestas e responsáveis. Não seguem a moda ou usam peças que revelem muito o corpo. Aparência madura e inteligente, que atrai respeito instantâneo. As cores são neutras e muitas das combinações são monocromáticas.

- Criativo - Misturam todos os estilos e geralmente usam as roupas como forma de declaração. São inovadores, originais, exóticos e aventureiros. Usam peças étnicas, vintage e kitsch sem problemas. Adoram cores e usam tanto estampas pintadas à mão quanto animais e regionais, sem medo de misturar tudo no mesmo look. Se os acessórios são rústicos ou de design inovador, não importa, desde que sejam únicos e diferenciados.

Uma pessoa dificilmente vai se identificar com apenas um desses estilos. Geralmente somos a combinação de dois ou mais, que predominam em diferentes ocasiões. Isso acontece principalmente porque cada ambiente e ocasião pede um dress code de acordo.

Por exemplo, os estilos tradicional e elegante são os mais adequados para ambientes profissionais - especialmente os mais formais - por passarem uma imagem mais séria e confiante. Estes não ficariam tão bem em uma churrascada de faculdade. Já o esportivo, o sexy, o romântico, o dramático e o criativo estão vetados em ambientes restritos, como escritórios de advocacia.

O estilo natural é mais adequado para ocasiões de lazer, principalmente ao ar livre, em que o conforto é fundamental. O sexy é mais adequado para a noite e o romântico pode ser usado em qualquer ocasião em que a pessoa não tenha medo de parecer muito inocente. Os estilos dramático e criativo são perfeitos para eventos onde se encontrarão pessoas relacionadas à arte e cultura.

[galeria]


Isso não quer dizer que você precisa abdicar completamente do seu estilo predominante para se adequar à cada ocasião. Pensando nas mensagens emitidas, uma executiva predominantemente romântica pode optar por um terninho com gola e pala de linhas arredondadas, uma camisa de tecido mais leve, como a seda, e um scarpin de bico arredondado - o terno transmitirá a imagem tradicional e séria que ela necessita, mas as linhas arredondadas e os materiais leves farão com que a imagem não fique tão austera e sim mais de acordo com a personalidade suave de uma pessoa romântica.

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

Comente