Novo longo: saias na altura da canela

Novo longo saias na altura da canela

Desfile Louis Vuitton. Foto: First View/ site FFW

Primeiro a Louis Vuitton fez uma coleção quase só com elas, depois foram Marc Jacobs e Narciso Rodrigues que apostaram nas saias na altura da canela. No primeiro desfile elas vieram bem ‘lady like’, já Jacobs colocou masculinidade oitentista, mas elas ainda eram quase rodadas e pelas mãos de Narciso Rodrigues apareceram mais justas e sequinhas inspiradas no minimalismo noventista. Pelo visto elas se adaptam bastante. Será que depois de algumas temporadas de saias super curtas essa moda pega?

A consultora de moda e nossa colunista Érica Minchin acredita que talvez demore um pouco para se criar o hábito de usar essas peças, especialmente porque a brasileira é conhecida por gostar de peças curtas, justas e sensuais. "Pessoalmente adoraria que esta sensualidade menos óbvia realmente caísse nas graças de um público mais abrangente".

Ela explica que essa tendência não é só para eventos ou festas, vale muito também para o cotidiano. É o tipo de proposta que deixa a mulher feminina e elegante e ainda é apropriada para o trabalho, já que é mais "comportada". Na hora de variar é necessário ficar atenta aos materiais, cores e os acessórios que são fundamentais para a adaptação do uso corriqueiro para ocasiões especiais. "Tecidos mais nobres, cores mais escuras e materiais brilhosos contribuem para a transição da proposta para um evento mais formal, enquanto cores mais claras, tecidos naturais e sem brilhos favorecem seu uso durante o dia".

Os desfiles mostraram que apesar de terem o mesmo comprimento os modelos são bem diferentes, o que deve ser muito percebido na hora de montar o look completo. Érica detalha que no caso dos modelos propostos por Narciso, se a pessoa quiser seguir o estilo minimalista, os acessórios são praticamente dispensados. Mas ela lembra: "Minimalista não quer dizer sem graça! Principalmente o "novo" minimalismo. Apesar do uso de neutros ainda ser característico dessa estética, se antigamente as cartelas de cores eram limitadas, hoje podem surgir cores fortes e imponentes. O minimalismo tem muito a ver com modelo de linhas simples, limpas e geométricas, transmitindo uma ideia de sofisticação sem grande esforço, porém preste atenção nas cores pode ser mais importante do que nos acessórios para atualizar o look".

Para quem está a fim de montar um look assim e gosta de ousar, a colunista dá como dica fazer um visual monocromático, mas optando por cores fortes, por exemplo um look roxo total que teoricamente poderia ser ‘too much’, mas acaba perdendo esse efeito pelo uso das linhas e formas simples.

[galeria]

Já no caso dos modelos semelhantes aos criados pela Louis Vuitton, os cintos finos e longos finalizados com amarração e os detalhes femininos como os laços complementam o look. "Aqui cabe o cuidado de usar peças em cores e estampas mais sóbrias e materiais com texturas mais ousadas para não cair no óbvio e deixar o resultado caricato demais. É fundamental lembrar que tudo é uma inspiração, uma releitura, e não uma fantasia para uma festa temática!"


Para finalizar, a consultora lembra que as saias abaixo do joelho podem ser perigosas para quem é baixinha ou cheinha, portanto o truque para esse tipo de corpo é fazer a barra da saia no máximo no final do joelho. É que se a linha da saia ‘cortar’ o corpo no meio da canela a silhueta fica bem mais achatada.

Por Larissa Alvarez

Comente