Moda londrina por aqui

Moda londrina por aqui

Divulgação/ Khelf

Londres sempre deu o perfume para a moda de inverno do mundo todo. Talvez pela elegância da pompa inglesa. Talvez pela rebeldia anárquica do mundo pop que também circula por lá, pelos trilhos do underground. O fato é que, este ano, grifes apostam, mais uma vez, no visual do velho mundo para suas coleções quentes.

E não é preciso gastar muito para adotar a tendência. Na Renner, uma aposta londrina é compor o visual com elementos do rock (couro, tachas e correntes) e misturar com peças mais básicas. Além disso, o magazine investiu no mix de peças femininas (laços, tricôs e pérolas) com masculinas (xadrez e jeans desgastados).

Já na grife Khelf, a inspiração também veio da mistura de estilos que só Londres sabe dar. Aí, o que se vê na coleção da marca é muito xadrez, couro, trench coats, cardigans, sobreposições, botas e jeans.

Para quem quer a elegância londrina, os clássicos trench-coat, as saias retas, as camisas e muita alfaiataria, quase tudo com cintura marcada e ombros salientes, podem ser encontrados na Renner. Assim como em Londres, o inverno da loja deve ter tricôs confortáveis, vestidos e camisas florais, mesclados com camurça e veludo.

As cores predominantes dessa onda londrina são preto, cinza grafite, roxo, marrom escuro e azul, com toques de cores mais abertas, que vão do vermelho ao butter (amarelo queimado). Listras, jeans claros, sujos e desgastados arrematam a produção.

Nos acessórios, destaque para o que nunca sai de moda em Londres: as

bolsas de mão (cluch) e aquelas no estilo pasta, usadas por executivos e estudantes. A camurça, hit das passarelas européias, é aplicada de diversas formas.

Nos pés, sapatos mais fechados como scarpins, sandálias abotinadas, sapatilhas e oxfords. As botas devem ser ankle ou cano médio e os saltos são altos, e podem ter formatos cônicos, finos, grossos com meia pata. Os bicos são abertos em peep toes ou arredondados.

[galeria]


A meia-calça, adorada no inverno europeu, vai completar o look londrino desse inverno, assim como polainas, que voltam. Nas produções mais sérias, a pedida são os tons sóbrios e lisos. Para as mais descoladas há opções super coloridas ou com desenhos como laços e pois. Não dispense o cachecol. E caminhe pelas nossas ruas com se tivesse o parlamento inglês ou os trilhos do Underground como pano de fundo.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente