Moda festa - truques para alongar a silhueta

Truques para alongar a silhueta

Recortes na vertical e/ou diagonal são ótimos aliados, como foi mostrado no desfile da Iódice verão 2013. Foto/Reprodução FFW

Conquistar a silhueta perfeita não é nada fácil. Sempre há um culote ou uma gordurinha nas costas que atrapalham tudo. É nestas horas que os efeitos ópticos entram em ação.

Efeitos ópticos são compostos por detalhes que dão a impressão de uma silhueta mais fina e alongada. Um dos segredos mais usados pelos estilistas está voltado à modelagem empregada na composição do modelo do vestido.

Lethicia Bronstein Pompeu, estilista de alta costura, especializada em vestidos de noiva e festa, afirma que alguns recortes na vertical e/ou diagonal são ótimos aliados, como foi mostrado no desfile da Iódice. "Mas nunca aplicados na horizontal", complementa o estilista Arthur Caliman

O recurso citado acima sempre é potencializado com o uso de cores e/ou estampas com temas que alongam a silhueta feminina. "Um truque, por exemplo, é usarmos em algumas partes a cor preta para ocultar e deixamos outras mais expostas com cores e estampas", revela Arthur Caliman. "Outra dica é usar estampas grandes na região que você quer diminuir", ensina Lethicia Pompeu.

Caliman lembra: "Tanto o motivo da estampa como a cor devem ser trabalhados com cuidado, mas em resumo as estampas que têm barrados e não são totalmente preenchidas são mais indicadas."

Os tecidos também têm um papel importante na hora de conquistar os efeitos ópticos desejados. Mas, embora haja uma gama deles, o que mais influencia é o local correto da aplicação. O estilista exemplifica: "Tecidos com elasticidade e brilho nunca usamos em modelagens amplas."

Lethicia Pompeu tem rendas como sua especialidade. Para conquistar o efeito óptico desejado, a estilista desfaz todas das flores do tecido e remonta à mão, de acordo com as curvas do corpo da cliente. "É uma atividade muito trabalhosa. São raros os estilistas que fazem", afirma Lethicia. Caliman lembra que os tecidos com autorrelevo, tipo jacquards, também são muito usados para conquistar estes efeitos.

Mas atenção: o comprimento da peça interfere muito no resultado final. "Quanto mais curto é o vestido, mais compridas parecem ser as pernas, vice e versa", diz a estilista. "Sempre sugerimos nesses casos um atendimento personalizado, com um consultor de vendas experiente. Ele poderá conduzir a escolha para o melhor modelo e estampa possível para aquele corpo", afirma Caliman.


Além de todos estes detalhes citados, deve ser considerado também a estatura da pessoa, a cor do cabelo e o tom da pele também. "Ou pode se ter o deslize indesejável do monolook cromático, onde a pessoa fica ausente da roupa, seria algo como um efeito sem vida, sem energia", finaliza o estilista.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: moda fashion alongar alongar roupa