Moda - Abuse dos cintos finos

Moda  Abuse dos cintos finos

Wanessa Camargo usa cinto fino. Foto: divulgação

Mais do que marcar a silhueta, os cintos dão um ar clássico ou despojado ao look, dependendo do que você quer transmitir. Antigamente, esse acessório era muito utilizado para "segurar as calças", mas hoje ele representa a moda e é uma peça que não pode faltar no seu guarda-roupa.

Existem cintos de todos os tamanhos, mas, segundo a consultora de moda Ana Pasternack, os finos vieram para ficar pelo menos até o inverno do ano que vem. "Estamos ficando mais românticas, e os cintos fininhos deixam o visual mais leve. O shape das peças já está mais ajustado e o cinto apenas finaliza o look."

Ana conta que a melhor opção para combinar os cintos são os looks no estilo anos cinquenta, com a cintura bem alta e marcada, além da saia volumosa - bem evasée - e tops justinhos. Além dessa, os cintos utilizados sobre twinsets de tricot fininho, tubos (vestidos) de alfaiataria, em jeans com sapatilha e camisas com estampas liberty são ótimas opções.

Muito cuidado ao colocá-los por cima das roupas. Eles devem estar ajustados perfeitamente. Nada de super apertá-los sobre as peças. "Não os utilize muito apertados ou sobre peças volumosas. Eu ainda evitaria a utilização em vestidos na altura do quadril", argumenta Ana.

Além disso, nem pense em colocá-los em algum look que você queira utilizar aqueles "coletões". "Os cintos irão sumir, além de engordar", afirma a personal stylist.

[galeria]

Muitas celebridades têm usado os cintos finos amarrados à cintura. Na opinião de Ana, o modelito serve perfeitamente, mas escolha bem quais cintos amarrar. "Acho que os modelos com fivela, principalmente os que permitem vários comprimentos são os que ficam mais harmoniosos", argumenta a consultora.


Por último e não menos importante, tome cuidado com o tamanho dos cintos que você irá utilizar. Dependendo do seu tipo de corpo, eles não podem ser muito finos. "Se a pessoa não tiver cintura - corpo formato oval - sugiro que escolha um modelo com pelo menos 2,5cm de largura, que valoriza mais", encerra a especialista.

Por Tissiane Vicentin (MBPress)

Comente