Meia arrastão até a barriga é tendência! Veja como usar

Saiba tudo sobre a nova moda de usar meia arrastão até a barriga!
meia arrastão barriga

Foto: Reprodução

Ela sempre foi polêmica e cheia de sensualidade! Amada por muitos e odiada por alguns, ameia arrastão voltou com tudo! A meia calça cheia de furinhos é tendência principalmente entre as mulheres mais ousadas, como Anitta e Claudia Leitte. Mas engana-se quem pensa que não há nada de novo no uso da arrastão. 


Nesta temporada ela está sendo usada até a barriga e em diversas cores - não só no pretinho (nada) básico. Nós do VilaMulher percebemos que a tendência é não só hit entre essas celebridades como febre internacional. As gringas estão usando e abusando da meia arrastão até a barriga no Instagram e com isso provam que há sempre uma maneira diferente de usar aquela peça que você jurava que já tinha ficado brega.

meia arrastão barriga

Foto: Reprodução

meia arrastão barriga

Foto: Reprodução/FRANCISCO CEPEDA AGNEWS

meia arrastão barriga

Foto: Reprodução/SIMONESIMARIAVEVOYOUTUBE

As famosas internacionais também caíram de amores pela meia arrastão. Kim Kardashian, Nicki Minaj e Kylie Jenner também amam! 

Como usar meia arrastão

Nesta temporada a meia está sendo usada até a barriga com shorts ou calcinha. Pés com meia arrastão à mostra também prometem vir para ficar.

Uma foto publicada por Kylie (@kyliejenner) em

A história da meia arrastão

meia arrastão barriga

Foto: Reprodução

Controversa desde seu lançamento, a meia arrastão tornou-se bastante popular entre as dançarinas de can-can de Paris, e, durante muito tempo foi considerada um item de extremo mau gosto, porque, diferente das outras meias da época, ela deixava à mostra a pele de quem a vestia. No entanto, foi esse pequeno detalhe que popularizou-a no o cenário da dança.

Como na época as meias comuns eram confeccionadas em seda e rayon, elas não permitiam que a pele transpirasse e  não possuíam elasticidade alguma, dificultando os movimentos. Por esse motivo, os furos da meia arrastão rapidamente a transformaram em uma opção mais confortável e funcional para as dançarinas.

Com a obsessão pelas pin ups tomando conta da cultura norte-americana na década de 1950, elas logo foram incorporadas no imaginário nacional, carregadas de sensualidade e elevadas ao status de símbolo sexual por figuras como Bettie Page e Marilyn Monroe.

Algumas décadas depois, quando o movimento punk tornou-se popular nos anos 1970, ele trouxe consigo uma estética bastante peculiar. Modificações corporais, moicanos, muito couro, jeans rasgados, pactches e roupas cheias de referência ao BDSM faziam parte dos looks dos jovens que subvertiam a ordem e pouco ligavam para as convenções sociais.

Nessa época, as meias arrastão voltaram com toda a força e logo passaram a ser abraçadas também pelo mainstream, tendo o auge da sua popularidade na década de 1980, com um empurrãozinho da cantora Madonna. O sucesso foi tanto que a meia arrastão ganhou até música em sua homenagem: Fishnet, do cantor Morris Day.

Tão carregada de simbologia, é natural que até hoje a meia calça arrastão cause um pouquinho de estranheza e há quem torça o nariz à primeira menção de seu nome. Porém, de uns anos pra cá, ela tem se tornado cada vez mais presente. 

Use e abuse da tendência!

Por Thamirys Teixeira

Comente