Maxi tricô para o inverno

Casacos Maxi Tricô que estarão em alta nesse inver

Foto maxi pull branco/Triton - Fernanda Calfat
Foto max pull vermelho Tereza Santos e max tricô Ellus - Divulgação

Maxi tricô, já ouviu falar? Pelo nome já dá para ter uma idéia. Quem mora nas regiões mais frias sem dúvida quer um. São casaquetes, grandes ou na altura da cintura, feitos à base de lãs super grossas, com pontos maiores.

Quem acompanhou o São Paulo Fashion Week viu alguns deles no desfile da Ellus 2nd Floor, talvez um pouco exagerados, apenas uma forma de apresentar a tendência. Novidades nessa linha também fazem parte da coleção da mineira Tereza Santos, conhecida por trabalhos bem feitos em tricô, muitos deles com máquinas manuais.

Para a nova estação, ela traz o estilo Patchwork de tricô hand made, ou seja, a mistura de várias tramas e pontos diversos em uma só peça feitos à mão, conforme Hingrid Sathaler, estilista de tricô da marca.

As peças são feitas a partir de “fios lanosos”, que misturam outros componentes para deixar a lã mais “fina” e agradável ao nosso clima. Algumas delas relembram a moda dos anos 70, com destaques para franjas “para dar um ar mais latino e boêmio, também combinadas com calças de couro”, completa a estilista.

Outro destaque são os maxi pulls de tricô em vários formatos e cores (cru, vermelho, branco e preto). Eles vieram dos moletons compridos feitos com lãs e se transformaram em mini-vestidos, confeccionados para isso mesmo. São ideais para o nosso inverno, basta apenas uma meia grossa, como no modelito vermelho de Tereza Santos (foto). A Triton também aderiu à onda e aproveitou o clássico suéter para isso, em um estilo mais colegial. E você, aprova essa moda?

Por Juliana Lopes

Comente