Lounges garantem interatividade na SPFW

Lounges garantem interatividade na SPFW

Adriane Galisteu no lounge da Seda. Foto/Arquivo MBPress

Todo ano, além do esperado nos desfiles, o que também é sensação em toda São Paulo Fashion Week são os lounges preparados pelos patrocinadores. Esse ano, inspirados no tema "Linguagens", as marcas criaram espaços interativos e cheios de significado.

A Oi, que há dois anos já patrocina o evento, criou um espaço aberto ao público geral, tudo para promover a interatividade. Além disso, assina uma exposição, com 50 t-shirts de algumas personalidades.

O especial dessas camisetas é que são peças que representam algo marcante na vida de gente como Alex Atala, Carlinhos Brown, Edgard Scandurra, Raí (ex-jogador de futebol), Marisa Orth, Supla, Toni Garrido, Fafá de Belém, Seu Jorge, Zeca Camargo, Arnaldo Antunes, entre outros.

No espaço existem ainda lockers, para que as pessoas possam guardar seus pertences, e unlockers, para que deixem o que quiserem - e consequentemente peguem o que quiserem de outros, numa troca racional. Outra novidade da Oi é um sistema de áudio que permite aos visitantes tocarem sua playlist e sonorizarem os corredores do evento. A Oi ainda terá um estúdio fotográfico, com a intenção de mostrar (e socializar) como são feitos os ensaios de moda.

A Seda, que pela primeira vez patrocina a SPFW, levou um salão de beleza para dentro da Bienal. Mauro Freire, co-criador da marca aqui no Brasil, estará por lá todos os dias. O site da mostra o backstage de alguns desfiles e ainda cria a possibilidade do visitante de interagir com as cenas reproduzidas no lounge.

A Grendene, que há 15 anos acompanha a SPFW, esse ano aumentou sua participação nos eventos de moda promovidos pela Luminosidades. Além de patrocinar também o Fashion Rio, a marca vai estar na semana paulistana não apenas com a Melissa, como também com as sandálias Ipanema. No lounge da Melissa, um circo delicado foi montado para mostrar mais de 50 novos modelos. A decoração ficou por conta de Marcelo Rozembaum. A Ipanema assina o restaurante oficial da SPFW, em parceria com a Piola. Lá estarão expostos quatro looks das grifes Cavalera, Osklen, Rosa Chá e V.Rom, usando os chinelos de dedo.

A Tam é parceira do evento pela quarta vez. Esse ano, o lounge na empresa aérea muda de cor, todos os dias, e é decorado todo com fractais que parecem pixels. Quatro televisores mostram os destinos da Tam pelo Brasil e mundo e mais três divulgam mensagens do Twitter de pessoas que estejam conectadas à companhia pelo microblog. Helena Rizzo, consultora de comida de bordo internacional da Tam, está no evento e criou, especialmente para a SPFW, um drink com chá, frutas vermelhas e espumante. Além disso, a empresa conta, logo na entrada da Bienal, com um balcão de serviços, vendendo passagens com preços especiais.


A intenção do Banco do Brasil, com o lounge na SPFW é estabelecer uma relação com o visitante. Para divulgar o cartão OuroCard Copa do Mundo, o banco levou para dentro da Bienal um campo de futebol interativo onde quem passa pode arriscar um chute. Quem fizer gol vai levar uma bola da marca Adidas, réplica de bolas oficiais já usadas pelo Brasil em Copas do Mundo. Além disso, há pocket show, todos os dias, com os finalistas do programa Ídolos e também terão um estúdio fotográfico. Lá, os visitantes poderão escolher um fundo, tirar uma foto e levar pra casa, na hora, sua imagem impressa. A foto cria um anúncio, que será votado lá mesmo. O mais votado vira propaganda oficial e vai ser estampada na IstoÉ Gente pós-SPFW.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente