Linhas arquitetônicas de Maria Bonita

Linhas arquitetônicas de Maria Bonita

Foto/Arquivo MBPress

O desfile da Maria Bonita, realizado na manhã de segunda-feira fez uma homenagem a uma mulher muito especial na história da arquitetura, a ítalo-brasileira Lina Bo Bardi. Não por acaso, o local escolhido para a montagem da passarela foi o Sesc Pompéia, obra do talento desta arquiteta.

O concreto, material tão presente, nas construções de Lina, ficou evidente na escolha da cor cinza como destaque. A beleza das linhas arquitetônicas, com recortes assimétricos nos vestidos, tecidos cortados a laser criados pela estilista Danielle Jensen funcionaram.

[galeria]

Destaque também para as jóias desfiladas, assinadas pelo designer Antonio Bernardo, totalmente alinhadas com a inspiração da geometria da coleção.


Por Karina Conde

Comente