Identidade Moda - gestão de marcas de moda no Brasil

foto divulgação

Uma holding criada para gerir as consagradas marcas Alexandre Herchcovitch, Fause Haten, Zapping, Zoomp e Cúmplice, assim é a Identidade Moda (I´M)

Vicente Mello, presidente da nova empresa, apesar de não ser do meio da moda, sabe muito bem o que quer: “o objetivo é consolidar um portfólio sinérgico de marcas com identidade e expressão próprias que nos permitam ter o privilégio de atender diferentes momentos de consumo de uma mesma pessoa”. Economista, Vicente trabalhou no Banco Mundial, ATKearney, dirigiu uma das empresas da Promon e preparou a entrada da Natura no mercado de alimentos funcionais antes de ingressar no mercado da moda, como vice-presidente da Fórum.

À frente também da gestão da Clube Chocolate, empresa da qual possui uma opção futura de compra, a Identidade Moda, em breve, vai se fortalecer também no segmento de moda masculina com o lançamento da nova grife de Renato Kherlakian.

Para dar suporte às marcas da holding, foi criada uma moderna estrutura de gestão, que inclui sete diretorias responsáveis pelos processos comuns a todas as marcas. Para preservar a identidade, cada uma terá seu próprio diretor de criação ou coordenador de estilo. Marcas autorais, como Fause Haten, Herchcovitch; Alexandre e Herchcovitch;jeans manterão os estilistas à frente das respectivas áreas de criação.

“Eu já havia recebido propostas de compra, mas o que eu buscava era alguém que cuidasse da gestão para que eu pudesse me concentrar no que eu quero fazer, que é criar”, sintetiza Fause Haten. “Demorei de 15 a 20 anos para fazer a construção da marca e agora é a segunda etapa da minha vida, na qual vou ver meu sonho se realizar - meu sonho de ter uma marca internacional”, comemora Herchcovitch.

A ambição do projeto vai longe. Nos próximos 12 meses deverá ser aberta em Nova York uma loja Herchcovitch;Alexandre seguindo os mesmos padrões da loja que a marca já possui em Tóquio. A internacionalização também está prevista para a marca Fause Haten. A Clube Chocolate também terá nova loja.

No caso da Zoomp, serão abertas 8 novas lojas dentro de 12 meses - mesmo número que marcará o início da expansão da Cúmplice. Segundo Vicente Mello, o objetivo para esta última é chegar a 20 lojas dentro de três anos.

E não para por aí não. A estratégia de expansão da Identidade Moda inclui novas aquisições. O portfólio deve crescer. Vicente Mello está de olho em marcas de active wear, casual wear, acessórios e outros autorais.

Por Karina Conde

Comente