Gordinhas com roupas justas

Gordinhas e roupa justa

Preta Gil. Foto: arquivo MBPress

Roupa justa é um assunto complicado até para as mais magrinhas. E quando se fala da escolha entre as gordinhas, não falta polêmica! A consultora de moda e nossa colunista Érica Minchin tem uma opinião super formada sobre o assunto: "Roupa muito justa deveria ser proibida para todo mundo - não apenas por projetar certa vulgaridade, mas por poder causar problemas de saúde -, mas no caso das gordinhas é um pouco mais complicado".

Para apostar, faça uso do nosso maior aliado na hora de se vestir, o bom senso! "Avalie se as costuras estão repuxando, também os botões, assim como se os bolsos-faca estão querendo se abrir e ainda se a malha não está demasiadamente esticada. Além disso, se você teve a menor dificuldade para entrar na peça é porque o tamanho está errado. Se ouviu alguma linha estourando enquanto colocava a peça, mais ainda!"

A principal dica de Érica é: troque o justo pelo ajustado. "Uma peça que acompanha o formato do corpo sem criar volume ou se agarrar demais a ele, deixa qualquer mulher muito mais esbelta e elegante. Mas se quem estiver acima do peso insistir em usar uma roupa mais ajustada, não pode deixar de investir em um body para modelar melhor o corpo".

Ela lembra que roupas justas criam visões não muito agradáveis como, por exemplo, por conta do sutiã também apertado, podem ‘pular’ gordurinhas e as blusas que de tão justas querem parar na linha da cintura, sem contar as calças que criam o chamado "muffin top". Fique atenta!

Por Larissa Alvarez

Comente