Feminismo é tema de desfile da Chanel

chanel feminismo

fotos: reprodução

A Chanel trouxe uma temporada de primavera-verão nas passarelas bem agitada. Superando as expectativas, a grife trouxe um bairro francês marcado por protestos liderados por mulheres em favor dos direitos feministas, que busca a igualdade entre os gêneros.

Lideradas por modelos como Gisele Bundchen e Cara Delevigne, que usavam um megafone, outras modelos também seguravam cartazes traziam mensagens ativistas.

Os figurinos eram montados com ternos, gravatas e outros acessórios do vestuário masculino, mostrando que as mulheres devem ter a liberdade de se se vestirem e se expressarem como quiserem, assim como tem o direito de consumir moda da forma que acharem melhor.

A grife também trouxe alguns ícones dos anos 70 revisitados, como estampas psicodélicas e símbolos a paz. Os acessórios também foram usados para compor o tema feminista da Chanel. Em uma bolsa estava escrito: "Ladies First" (primeiro as mulheres). Outros diziam ""seja seu próprio estilista". É claro que, apesar de tudo e por se tratar de uma Chanel, as produções eram no mínimo elegantes, né? Mas você, aprovou a iniciativa?


Por VilaMulher

Comente

Assuntos relacionados: desfile chanel feminismo