Fashion Rio chega ao gran finale

Gran finale para o Fashion Rio

Desfile Ausländer. Foto Agnews

Depois das declarações de Paulo Borges, ainda ficou a dúvida se essa seria a última edição de inverno do Fashion Rio. Em clima "quero mais" e expectativa para a São Paulo Fashion Week, Giulia Borges, Nica Kessler, Andrea Marques, Oestúdio e Ausländer mostraram suas coleções românticas, algumas com estamparia digital, e ainda o velho estilo clássico. Bia Kawasaki traz o melhor de cada desfile, e claro, o que poderá invadir as ruas.

Giulia Borges

A estilista propõe uma coleção romântica que mistura peças delicadas com outras mais pesadas. As bonecas de traços detalhados inspiraram a estilista para criar uma coleção com boa alfaiataria e muita suavidade, muita transparência e looks que deixam o corpo à mostra. Minhas apostas: vestidos "mullet" com babados em camadas atrás, shorts saia com volume e boa alfaiataria.

Nica Kessler

A grife trouxe para o seu inverno 2012 referências dos indígenas Delaware, uma tribo que viveu ao sul de Nova York. Tendo em mente a mistura do velho mundo com o novo mundo, surgiu a ideia de como seriam índios morando na efervescente e iluminada Nova York. A coleção é leve, cheia de cores fortes com roupas fáceis de usar. Preferências: macacão reto com cinto fino baixo, recorte semi-evasê para saias e vestidos muito curtos (haja pernas perfeitas!). Gostei também das estampas em listras verticais.

Andrea Marques

A grife mostrou que mantém o estilo clássico criando para uma mulher mais madura (o que é raro nas passarelas atuais), com saias comportadas abaixo dos joelhos, "golas lenços" e camisas soltas no corpo. A marca mostrou looks bastante femininos e o uso de cortes de alfaiataria: saias, vestidos - principalmente os longos -, blazers e camisa com estampas orgânicas com desenhos de flores, pele de cobra e carcaça de pássaros. Queridinhos: mulheres clássicas acima dos 60 anos usando a coleção, saias evasê abaixo dos joelhos usadas com camisas transparentes para dentro, cores terrosas e macacão reto.

OEstúdio

A coleção de inverno 2012 da marca foi desenvolvida por 18 pessoas e apresentou peças que se chocam, com inúmeras possibilidades de combinações. A linha teve costuras aparentes, cortes orgânicos e tecidos texturizados, além de estamparia digital e modelagens que brincam com as proporções do corpo. Na cartela de cores, o nude, marrom, verde e preto. Minhas apostas pessoais são: recorte "U" invertido na frente das saias, tricôs masculinos com costura aparente, tecidos texturizados, colarinho pequeno para eles, capuz (largos ou justos), listras horizontais, fendas, cores quentes com destaque ao pitanga e ao ameixa, estampas em estilo "printing".


Ausländer

A marca faz um inverno para se jogar, só que no sofá, com um bom cobertor, um bom vinho e bons amigos. O espírito chill out descansa o corpo e desacelera a mente. Xadrezes, couros, tweeds e veludos dão o clima warm up. O combo coturno + saia longa + jaqueta de camurça + maxi cachecol é o que melhor funciona. Apesar deste clima, a barriga e as pernas ficaram de fora em alguns looks. Gostei bastante das listras em cetim construídas sob outras listras transparentes, calças justas de veludo conhaque. Porém, não confio em três apostas da marca: saia evasê com comprimento na panturrilha, saias clochard e cobertores de lã xadrez literalmente usados como tecidos para ponchos, saias e casacos.

Comente