Farm, sucesso made in Rio

Roupas Farm

Foto Divulgação

Roupas despojadas e coloridas, tendência hippie-romântica, preço acessível e produção focada em mulheres “descoladas”, muitas delas universitárias, são os principais atrativos da Farm. Quem vê os modelos inspirados no cenário praiano entende por que a loja se tornou um ícone fashion carioca.

A marca nasceu em 1997 com apenas um stand na Babilônia Feira Hype, evento que reúne marcas alternativas e jovens estilistas no Rio de Janeiro.

Atualmente, a estilista Kátia Barros e o administrador Marcello Bastos possuem 18 lojas espalhadas pelo Brasil (sete no Rio de Janeiro, uma em Búzios, uma em Niterói, duas em Belo Horizonte, uma em Brasília, uma em Goiânia, duas em São Paulo, uma em Salvador, uma em Recife e uma em Campinas). As roupas da Farm tornaram-se objeto de desejo feminino.

Em julho de 2007, a grife investiu em ações para deixar suas clientes mais a vontade nas lojas. Em Ipanema, a marca colocou uma hostess na entrada da loja e instalou look books nos provadores, para as mulheres checarem se a calça combina com uma blusa ou casaco. Também foram instalados quatro canais de música em cada provador. E pra reforçar o clima tipicamente carioca, mate gelado e biscoito Globo pela loja para as clientes.

No mesmo ano, a Farm participou da temporada de verão da Galeria Lafayette, em Paris. Em dezembro, foram inauguradas uma loja de estação no hotel DPNY Beach, em Ilha Bela, uma em Maresias e outra no Shopping Iguatemi, em São Paulo.

A arquitetura da boutique segue o mesmo conceito das filiais cariocas: sem vitrine e com paisagismo (luz natural, grama e coqueiros, além de quatro canais de música nos provadores e look book virtual). Um mês após a abertura do espaço no shopping Iguatemi na capital paulista, a marca foi responsável pela maior venda por metro quadrado de produtos femininos da história do shopping. E olha que bater a concorrência no Iguatemi não é tarefa fácil!

O próximo projeto de Marcello Bastos é abrir uma grande loja da Farm nas principais capitais brasileiras até 2010 e a primeira loja internacional, em Barcelona, até o fim deste ano. Observando a trajetória da marca, dá pra perceber que o céu é o limite!

Fonte - MBPress

Comente