Como usar vestido e meia calça sem errar

vestido meia calça

Foto - Tendenzadimoda

Se tem um look que você deve usar e abusar nessa estação é o combinadinho de vestido e meia-calça. A composição pode servir para diferentes estilos, do despojado ao elegante, e, vamos concordar, ele é superfácil de fazer. Por conta disso, nada melhor do que avaliar as formas corretas de utilizar esse visual no seu corpo. Com as escolhas certas, você pode arrasar!

A consultora de imagem e diretora executiva da "Posh My Style", Juliana Rizo, sugeriu três situações ideais em que podemos usar vestido com meia-calça com dias essenciais:

No trabalho: A não ser que você trabalhe em ambientes onde a criatividade é incentivada, como agências de marketing e ateliês de moda, evite usar meias muito coloridas no ambiente de trabalho. Além disso, evite meias arrastão e rendadas, pois podem transmitir uma imagem sensual, o que não é adequado a esse tipo de local. Para não errar, prefira meias discretas, que são fáceis de combinar e não vão chamar mais atenção do que a sua competência profissional. Os vestidos devem ser discretos, sem muito decote e nem muito curtos ou justos. Seu visual deve comunicar profissionalismo.

No dia a dia: Para passear durante o dia, quase todos os tipos de meias estão liberados. Tudo vai depender do seu estilo. Só evite as meias tipo arrastão e com rendas, que são mais apropriadas para o período da noite, já que dão um toque sensual ao visual. Nos dias mais frios, aposte nas meias opacas, que possuem fios mais grossos, como a 40, 80 e 120. Você pode usá-las com um vestido curto e uma jaqueta, por exemplo.

De noite: Para um look mais elegante, prefira meias-calças com fios finos (7, 15 ou 20), que possuem uma maior transparência e vão bem em eventos mais formais. Caso a ocasião não seja tão formal, as meias-calças tipo arrastão e rendadas estão liberadas. Porém, lembre-se sempre de usá-las com bom senso, caso contrário, você corre o risco de transmitir uma imagem inapropriada e até mesmo vulgar. Escolha um vestido que valorize o seu tipo físico e que esteja de acordo com a formalidade da ocasião. Quanto mais formal for o evento, mais elegante deve ser o vestido e mais fina deve ser a meia.

Para nos ensinar as maneiras mais legais de combinar o vestido com a meia-calça, Rizo sugere: "Combine peças lisas. Assim, o look não ficará com muita informação e o destaque será a meia-calça. Uma sugestão é eleger um vestido que possua uma das cores da estampa da meia, criando assim um visual harmônico".

Ela ainda explica que o mesmo vale para a meia-calça colorida: "Quanto mais vibrante for a cor, mais cautela devemos ter. Para não carregar demais o visual, procure usar essas meias com vestidos de tons mais discretos como o preto e o cinza".

Se você prefere tons mais sóbrios, como marrom, cinza, roxo, preto e vinho, combine as meias com vestidos da mesma cor. "Nesse caso, você terá um look monocromático (quando vestimos uma cor só), o que cria a ilusão de alongar a silhueta, ideal para mulheres baixinhas e plus size."

Como os corpos femininos são muito diferentes, às vezes uma combinação com estampas e babadinhos pode servir para você, mas não para outra mulher. Sendo assim, é importante reconhecer o seu biotipo para tirar todas as dúvidas certeiras em relação à combinação de vestido e meia-calça.

Seguindo as instruções da consultora de imagem Julianna Rabay, identifique sua silhueta:

Ampulheta - Ombros e quadris alinhados e cintura estreita.

Retangular - Ombros, quadris e cintura da mesma largura. Corpo reto.

Pera - Ombros mais estreitos que os quadris, seios pequenos ou médios, cintura definida e costas estreitas.

Triângulo invertido - Ombros mais largos que os quadris, seios médios a grandes, pernas finas e costas largas.

Oval - Acima do peso, linhas do corpo arredondadas.

"Ter esse conhecimento é fundamental hoje em dia, principalmente na hora de realizar uma compra online, fica mais fácil para visualizar o que vai servir de acordo com nosso tipo físico", esclarece a consultora.

Com base nas megadicas das duas consultoras, montamos um manual de como usar adequadamente o vestido e a meia calça em cada biotipo! Anota aí:

Ampulheta

Para este tipo físico, o mais importante é marcar a cintura e valorizar a silhueta.

Aposte em: vestidos como o envelope, que possuem a cintura marcada e decote em V. Sapatos com a mesma cor da meia-calça também são uma ótima opção, já que dão a sensação de alongar a silhueta. Cintura marcada pela modelagem ou por cinto. O modelito peplum também está permitido.

Evite: vestidos com detalhes na região dos seios e dos quadris, que acrescentam ainda mais volume a essas regiões. Fuja também dos modelos muito justos, para não ficar vulgar, e dos muito largos, que escondem as suas belas curvas.

Retangular

Aposte em: vestidos de modelos transpassados e peças acinturadas, com detalhes na região do busto e dos quadris, criando volume nessas áreas e dando a sensação de um corpo com mais curvas.

Evite: vestidos de modelagem reta ou muito largos, que não valorizam esse tipo de silhueta. Mulheres que têm pernas finas podem investir em meias de tons claros, brilhantes, estampadas e com textura, que ajudam a criar a ilusão de engrossar a região. Para que as pernas não pareçam ainda mais finas, fuja das meias-calças escuras e que possuam linhas verticais.

Pera

Esse tipo físico deve atrair os olhares para a parte superior e disfarçar o quadril largo para equilibrar a silhueta.

Aposte em: vestidos com cores claras, detalhes como babados e bordados na parte superior para criar volume e chamar a atenção para essa região. Modelos tipo império também são ótimos para esse tipo de silhueta. Meias com listras verticais e sapatos da mesma cor que a meia são truques que criam a sensação de alongar as pernas. Tenha contraste de claro na parte superior e escuro na parte inferior, ajuda a disfarçar quadril largo.

Evite: vestidos com detalhes e tons claros na região dos quadris. Meias-calças com cores claras ou vibrantes e com estampas grandes e chamativas também devem ser evitadas. Sapatos que possuam uma coloração muito diferente da meia-calça.

Triângulo Invertido

Para este tipo físico, o importante é chamar atenção para o centro do corpo, com decotes amplos, e na parte inferior do corpo para equilibrar a silhueta.

Aposte em: vestidos que possuam saias volumosas, como a evasê, e cores discretas na parte superior. Meias-calças com detalhes e cores claras ou vibrantes que atraiam a atenção para a parte inferior do corpo. Sapatos com detalhes. Vestidos com decotes amplos e saia rodada.

Evite: vestidos com decotes tomara que caia, canoa e frente única, que dão a impressão de ampliar os ombros. Meias-calças escuras e muito discretas, que contribuirão para que a atenção seja voltada à parte superior do corpo (o que não queremos). Sapatos muito discretos.

Oval

Este tipo físico precisa alongar a silhueta e chamar a atenção para o centro do corpo.

Aposte em: vestidos com mangas 7/8, modelos transpassados, decote em V e com saia no comprimento do joelho. Meia-calça e sapato da mesma tonalidade do vestido, que são detalhes que ajudam a alongar a silhueta. Vestidos com a parte superior alongada ou sem marcação ajudam a valorizar esse biotipo e harmonizam a silhueta.

Evite: vestidos com detalhes ou cores claras e vibrantes na região do abdômen. Meia-calça e sapatos com coloração diferente do vestido. Evite usar meia-calça brilhante, de tom claro ou com desenhos, que dão a impressão de engrossar ainda mais as pernas.

Alessandra Vespa (MBPress)

Comente