Cavalera rock n’ roll

Cavalera

Desfile Cavalera. Foto: arquivo MBPress.

O convite para o desfile da Cavalera, que abriu a SPFW Inverno 2010 neste domingo (17), já dava a dica de que o rock seria o astro rei da passarela. Mas ninguém previa que os estilistas da marca conseguiriam transformar uma entidade tantas vezes já editada no mundo da moda em delicadeza com a dose certa de sensualidade.

Embalados por uma banda de rock ao vivo - e trilha de Igor Cavalera -, os modelos mostraram que inverno da Cavelera será subversivo, jovem, livre. Nos jeans, muito preto e cinza. As cores fortes que a marca se permitiu apareceram em tom neon - rosa e amarelo - apenas em detalhes, quase escondidos, provocantes. Ora na mini-bolsa, ora na boca. Ora na segunda pele, no babado, no aplique no cabelo. O colorido é apenas para provocar.

Além do jeans, muita malha, sarja, lã, seda e renda - para dar o toque sensual, claro. Boa pedida com a estampa de águia, que modelou vestidos e camisetas. Numa onda punk, os detalhes metalizados e resinados se misturaram com os bordados manuais e os corselets, numa homenagem ao bom e velho fetiche. Destaque para os maxi acessórios nos cabelos e para as meias-calças fio 60, bem fechadas. Com mini-shortinhos, elas voltam com tudo nesse inverno.

Mesmo com algumas peças em alfaiataria, o ritmo é jovem. Sob o tema sexo, moda e rock n` roll, a Cavalera tentou dar à moda metaleira e punk (e em plena Galeria do Rock) o glam que o mundo fashion exige. E conseguiu.

[galeria]


No ano passado, a Cavalera inovou colocando modelos de bicicleta e skate em pleno minhocão. Esse ano, enquanto as últimas modelos desfilavam, "astros" do rock invadiram o espaço, caminhando pelos corredores da Galeria e entre as modelos, bem lentamente. Era como se a música tivesse mesmo invadido o mundo fashion...

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente