Cantoras sertanejas investem no visual country repaginado

Moda country repaginada

Paula Fernandes. Foto/Reprodução Site Oficial

É fácil reconhecer as pessoas que apreciam o estilo sertanejo. Uma bota aqui, um fivelão ali... um desses acessórios sempre integra o look de seus seguidores. E estes itens que pareciam imutáveis, estão dividindo espaço com as tendências da moda e renovando principalmente o figurino das cantoras do gênero.

"As franjas, roupas de couro, coletes foram trocados por um visual mais ‘clean’. É fato que o sertanejo não é moda, é estilo de vida, mas para vender sua imagem, o artista tem que apelar para a moda", comenta Kinho Marques, gerente do Villa Country Store.

Para ele, essa mudança de estilo se deve à globalização. "O sertanejo não é mais visto como caipira, não quer ser mais rotulado como uma ‘fantasia’. Sem contar que existe uma diferença grande entre a roupa do artista e a do público. As cantoras precisam estar mais bem produzidas, são referências. Já o expectador do show que se vestir igual a elas tem a grande chance de ser considerado ‘brega’", alerta.

E completa: "Os figurinos das cantoras precisam ser impecáveis e de marcas famosas para mostrar que são bem sucedidas. Elas são talentosas, sem dúvida, entretanto, muitas vezes, suas identidades visuais não são autênticas."

No que diz respeito às peças usadas no palco, o estilista Marcelo Ortale diz que gosta de itens como shorts jeans, corpete, bota, chapéu e franjas que, como ele mesmo ressalta, estão super na moda. O profissional que é dono de uma boutique em Barretos, interior de São Paulo, ainda opinou sobre o estilo de algumas cantoras que atualmente fazem sucesso no mundo sertanejo.

"A Paula Fernandes é uma cantora maravilhosa e possui um repertório maravilhoso também, mas o figurino dela é uma mistura de forró com rumba", lamenta. "Ela usa espartilhos com saias armadas nos shows! Eu usaria mais couro, saia ou calça com uma bota. A Paula pode até apostar nos corpetes, mas sem tantos babados", sugere.

Marcelo diz que a cantora Maria Cecília, que faz dupla com Rodolfo, possui um figurino bacana, mas tenta resgatar o estilo da Sandy quando começou a carreira. "Este estilo já passou! E a Juliani (da dupla Juliani e Bruno) tenta seguir o mesmo caminho, e tudo o que é copiado não dá certo", afirma.

Em compensação, Ortale elogia as escolhas de Roberta Miranda. "Elas acompanham o estilo do repertório e da idade dela. A artista fica muito bem com calça e batas de renda. Acho que não teria nada a ver a Roberta usar chapéu, não combina com o perfil de rosto dela."

Kinho acredita que a moda interfere apenas em algumas divisões do sertanejo. "Os seguidores do sertanejo de raiz usam marcas western nacionais ou importadas e gostam de transmitir seu estilo de vida através das roupas, eles são autênticos. Já o ‘universitário’ nada mais é do que um grupo de jovens que se rendeu à ‘moda’ da música, mas continuam com roupas que sempre vestiram (geralmente casual)".


E completa: "Para o estilo autêntico o que pode mudar são as marcas a serem usadas, mas sempre existirá a bota, o cinto com fivela e o chapéu. Agora para o ‘sertanejo da moda’... realmente irá depender da tendência".

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente