Cantão e TNG: estilo country e formas assimétricas

Croqui  Cantão e TNG

Croquis Cantão e TNG

Mais detalhes sobre os desfiles do Fashion Rio. Na próxima segunda-feira, a Cantão, marca com mais de 40 anos de estrada, irá levar às passarelas referências étnicas e o universo country.

Conforme Yamê Reis, diretora de estilo da Cantão, a coleção traz à tona afinidades entre culturas diferentes como o cowboy norte-americano e o gaúcho dos Pampas brasileiros, ou mesmo referências étnicas da África, Vietnã e de tribos indígenas brasileiras, que são mixadas entre si, com gráficos como o xadrez ou com elementos da natureza como florais e a plumária brasileira.

As etnias são representadas no tricô e em sedas, veludos e moletons estampados digitalmente ou com processos artesanais como a corrosão, assim como nas bijuterias de miçangas, madeira e cocares de penas de acetato

Não só as bombachas afuniladas na canela, vestidos com ombros de fora ou mangas, golas e capuzes exagerados lembram a atmosfera country, mas também as jardineiras, jaquetas clássicas e calças jeans em lavagem de argila vermelha.

Já a coleção da TNG vem com o tema “Régua, Compassos e Esquadros” e brinca com as simetrias e assimetrias, e mais paradoxos, como construções e desconstruções, sem ligar muito para o que é tendência ou não. E garante boas idéias em pequenos detalhes, como um paletó com bolso de canguru para ele. Entre as peças femininas, uma jogging de veludo de seda pura.

O básico sempre permanece. Jeans de todas as formas e camisetas com prints gráficos, brancas de tricoline (para eles), listra finas, horizontais e verticais são alguns exemplos.

Por Juliana Lopes

Comente