Aula de moda no Red Carpet do Oscar

Uma das noites mais comentadas e esperadas do ano, sem dúvida, é a noite da premiação do Oscar. Embora o intuito seja premiar os profissionais da indústria do cinema, confesso que meu interesse maior é nos vestidos das celebridades mesmo. É possível aprender muita coisa ao observar as escolhas das atrizes.

Como sempre, no meio de tantas rendas, drapeados, paetês e brilhos, alguns se sobressaíram. Mas, antes de comentar quem mereceu os meus aplausos, preciso fazer a linha "primeiro as notícias ruins". Meu desabafo é sobre a escolha de Charlize Theron... Mau gosto define. As cores do vestido são bonitas, mas essas flores nos seios são simplesmente incômodas. Gosto dela porque não tem medo de ousar com elementos controversos (como laços exagerados no pescoço), mas dessa vez ela passou dos limites.

Isto posto, posso seguir com Zoe Saldana, que tornou-se a favorita dos fashionistas de plantão. Muitas pessoas que assistem ao Red Carpet e depois procuram as fotos na internet querem ver as coisas que as pessoas não usam normalmente em um evento, mesmo que de gala, da "vida real".

Por outro lado, a simplicidade de Kate Winslet garantiu que ela não corresse o risco de errar. O estilo "old Hollywood glamour", visto em seu vestido e em seu penteado, é uma escolha que nunca decepciona nesses eventos. A não ser a estes que esperam mais ousadia.

Mas ousadia tem limites. Sandra Bullock demonstrou como se harmoniza um look já cheio de detalhes - combinando-o com um cabelo simples, porém impecável.

Demi Moore estava MARAVILHOSA. Os recortes trançados do corpo do vestido valorizaram sua figura magra e as camadas da saia não estavam muito exageradas. Embora tenha lido comentários de que a cor não favoreceu, acredito que, justamente por ser um tom neutro, compensou todas as outras informações que o vestido já trazia.

A idade dificulta na hora de escolher um modelito. Para quem não faz parte da faixa 25-40 anos os riscos são maiores. Como ficar bonita sem parecer infantil ou velha demais para a idade? Ou como optar quando a idade já não permite tantas fendas e decotes?

A super elegante Helen Mirren ensina. Exemplo para todas as senhoras do mundo, sempre disfarça os braços e usa coisas que são compatíveis com a idade dela, mas nunca parece careta!

Outra que ainda não se encaixa na faixa etária mais fácil, mas soube adequar o vestido à idade foi Miley Cyrus. O único problema foi a proporção da peça ao corpo. A parte de cima poderia ser um pouco maior. Além do mais, sua postura ao longo do evento não colaborou - será que foi por causa da roupa?

[galeria]

Red Carpet também não é motivo para deixar a personalidade de lado. Um dos meus vestidos favoritos foi o de Nicole Richie, que mostra que dá para ser elegante e adequada ao que o evento pede, mas ainda mostrar um pouco do estilo pessoal.

Rachel McAdams também teve sucesso ao usar um vestido estampado, mas não menos adequado ao evento. Mais uma que se destacou por sair do óbvio e continuar linda, feminina e elegante como a ocasião pedia.


Quebrando todas as regras, Sandy Powell apostou em um vestido super estampado, boina de paetês e mix de pulseiras de acrílico nos dois braços. Normalmente não seria adequado, mas a licença poética vale para esta que ganhou a noite com o Oscar de melhor figurino.

Palmas para elas!

Érica Minchin trabalha com pesquisa, criação e desenvolvimento de produtos em moda e ministra cursos e palestras sobre imagem e tendências. Ela ensina que aparência é a ferramenta de comunicação não-verbal mais poderosa e estimula explorar as melhores maneiras de fazer uso dela. Contato: contato@ericaminchin.com

Comente