As bolsas ‘tem que ter’ de 2013

As bolsas ‘tem que ter’ de 2013

Toda fashionista que se preze quer ter um acessório ‘it’, mas, não tem jeito, as bolsas ocupam um lugar cativo no coração e armário dessas mulheres. Com edições super limitadas, listas de espera infindáveis e preços surreais, que podem ultrapassar o preço de um carro zero, anualmente os principais nomes da moda brigam para lançar no mercado modelos que se consagrem e alcancem o ápice do sucesso, como, por exemplo, a Birkin da Hermès, a Jackie da Gucci e a Lady Dior.

Para quem não tem ideia do modelo que fará sucesso nesse ano, alguns modelos já desfilam por aí na mão das famosas ‘trendsetter’, celebridades que ditam moda, ou melhor, fazem tudo o que vestem virar ícone fashionista. Adora acompanhar tendências e ficou curiosa para saber quais são as bolsas ‘tem que ter’ do momento? Dá só uma olhada nas mais disputadas até agora!

Noir, da Valentino - Apesar da marca ter passado por um período conturbado, após a aposentadoria de seu fundador e venda da grife para um grupo dos Emirados Árabes, a grife volta com força total e, hoje, é apontada como responsável pelos acessórios da alta costura mais desejados do momento. Com assinatura dos estilistas Maria Grazia Chiuri e Pier Paolo Piccioli, há dois anos à frente da marca, a dupla criou uma linha Rockstud, com uma pegada rocker bem moderinha. Um dos modelos mais disputados da Valentino e que tem arrancado suspiro das amantes da moda é a exclusivíssima capsule collection, chamada de Noir, chegou às lojas da marca ano passado. Os modelos que têm o preto como carro chefe também vêm recheados de spikes já faz sucesso nos braços da atriz e cantora Jennifer Lopez e da top canadense Jessica Stam e, pasmem, ela já chegou em território tupiniquim e pode ser adquirida por R$ 10.590.

Boy, da Chanel - Para quem ainda não conhece a curta história da grife, já que foi criada a menos de um ano, a Boy, possui todo o peso fashionista da assinatura Chanel, que tem como marca registrada peças práticas, sóbrias e com inspiração nos armários masculinos. A bolsa inspirada na cartucheira usada pela própria Coco Chanel e que pertencia ao jogador de polo - e seu amante - Boy Capel, dessa vez, não traz a assinatura da Mademoiselle, mas sim de Karl Lagerfeld, outro nome de peso no mundo fashionista.

Com combinações infinitas, a Boy pode ser encontrada em versão couro ou veludo, com superfície lisa ou acabamento matelassado e, até mesmo, estampas arabesque ou bordados de flores ou pedrarias. As alças também podem variar, uma vez que são removíveis e, de acordo com o gosto e estilo de quem vai usar, a opção pode ser pelas correntes, couro ou ambos os materiais. O modelo duo que pode ser usado com alça ou como carteira já foi visto completando os looks de atrizes como Ashley Greene, Rachel Bilson e Blake Lively, fãs assumidas da bolsa que pode ser arrematada por valores que começam em R$ 6.765.

Luggage, da Céline - Especialista em despertar desejo entre todas as mulheres, das desencanadas as mais fashionistas, a diretora criativa da grife francesa, Phoebe Philo aposta em linhas clássicas e sóbrias para os acessórios que, de modo geral, se apresentam de forma atemporal, podendo sobreviver aos modismos relâmpagos que estão cada vez mais presentes no mundo da moda. . Feita em tecido ou camurça, couro de boi ou crocodilo, a bosa pode ser encontrada em quatro tamanhos: a Nano (a menorzinha), a Mini Luggage e Micro Luggage (tamanhos intermediários; e a Shoulder Luggage (o maior modelo), podendo ser usadas nas mais diversas ocasiões, tanto durante o dia a dia como em um jantar super formal. Os preços do mimo variam de acordo com o tamanho, mas o valor mínimo para ter uma Luggage para chamar de sua começa a partir de US$ 1.800.

PS1, da Proenza Schouler - Com design simples e intuito de não ser uma ‘it-bag’, já que não ostenta logo ou detalhes aparentes, a PS1, da grife americana Proenza Schouler já está fazendo sucesso com um modelo bastante conhecido das amantes da moda, a satchele que remete ao estilo college, hoje, um dos mais copiados por aí. A bolsa low profile da marca, apesar do preço high, é ideal para ser usado no dia a dia e combina muito bem com o nosso clima tropical. O modelo que recebe uma releitura anualmente pode ser encontrada em versão couro, couro de píton, com alças de couro ou de corrente. As atrizes Jessica Alba e Emma Roberts são algumas das trendsetters que vivem desfilando por aí com o modelo. Para quem está com a conta bancária recheada, o modelo mais simples da PS1 custa a partir de US$ 895, mas pode chegar facilmente a US$ 30 mil.

Por Paula Perdiz

Comente