Artesanal na medida fashion

Artesanal na medida fashion

Oxford pintado à mão de Maria Bonita. Foto Arquivo MBPress

Nesta 15ª edição da SPFW algumas tendências prometem terem vindo para ficar. A primeira delas é o trabalho artesanal que apareceu forte em algumas grifes, como a Osklen, Priscilla Darolt e Maria Bonita. A fusão entre a tecnologia e o artesanato tradicional acrescentarou um charme todo especial, e temperou tudo com um toque bem brasileiro.

A Maria Bonita produziu lindas pinturas à mão em bolsas e sapatos oxford, e roupas em cores claras e muita languidez. A Osklen chegou com suas tramas e modelos negros e Priscilla arrasou com ares dos anos 20, franjas com lurex feitas à partir da reciclagem.

Começando pelas cores e depois na escolha dos materiais, o que mais se viu foi aproveitamento de técnicas de artesanato em estampas, desenhos especiais em tramas, e outros detalhes que só podem ser obtidos se forem feitos à mão. Algumas roupas nem parecem terem sito feitas com material natural, o que torna cada peça única. O acabamento é o segredo. E o rústico está com tudo.

Artesanal na medida fashion

Desfile Priscilla Darrolt. Foto Arquivo MBPress

Já as estampas que gorgeiam nas passarelas daqui são pássaros coloridos, palmeiras, a maioria inspirada no tropicalismo. As gueixas brasileiras da Maria Bonita, os garotos e garotas de praia da Osklen, e o luxo vintage de Priscilla são apenas alguns exemplos brasileiros que mostram o potencial do que temos de melhor no Brasil, a cultura e a arte brasileiras.

Por Giseli Miliozi

Comente