Animale - clima de romantismo no ar

Animale  clima de romantismo no ar

Raquel Zimmermann. Foto: arquivo MBPress

O verão 2012 da SPFW começou inspirado na alegre atmosfera de Saint-Tropez, na riqueza de detalhes e na luminosidade das paisagens típicas do sul da França, referências usadas pela estilista Priscilla Darolt para a coleção da Animale. Ao invés de tecidos mais estruturados, marca registrada da grife, tops como Constance Jablonski, Valentina Zalieva e as brasileiras igualmente especiais Ana Beatriz Barros e Flavia Oliveira, além é claro de Raquel Zimmermann, usaram peças leves e soltas.

Blazeres mais compridos atrás foram combinados com bermudas largas, na altura dos joelhos, mas isso não indica que a coleção deixa de ser feminina, pelo contrário. É leve, com toques artesanais feitos em crochê, com direito a mini canutilhos trançados no tear, delicados bordados e paetês, estes por sinal criaram jogos de luzes em peças com nuances em azul, lavanda e roxo. Ainda entraram em cena flores de couro, que podem ser vistas na coleção atual de inverno.

O que mais remeteu ao cenário das baías francesas foi principalmente o decote frente única, que na verdade se tratavam apenas de peças transpassadas, sem contar os macacões e as calças pantalonas - uma delas chegou a receber 10 mil paetês de metal. Elas eram super altas, bem acima do umbigo, e usadas com casacos curtinhos, deixando aparecer um pouco da barriga super bronzeada, tendência citada por Giovanna Ewbank em conversa ao Vila Mulher momentos antes do desfile na tumultuada fila A.


E já que estamos falando em tendências... Para as saias, o comprimento é o que temos observado nos desfiles lá fora, o famoso midi. As fendas na frente apareceram mais tímidas, quem sabe elas ainda apareçam em outras coleções.

Por Juliana Lopes

Comente