A moda anos 50 de “Ciranda de Pedra”

Roupa anos 50

Foto Márcio de Souza/ TV Globo

A novela global das seis, "Ciranda de Pedra", que se passa em 1958, tem ajudado a alavancar a tendência anos 50 que vêm influenciando a moda. Cabelos presos, tafetá, sapatilhas, boleros e echarpes, muito usados na época, voltaram com tudo.

Otávia, personagem de Ariela Massotti, faz um look rebelde. A jovem investe em sapatilhas, calças de cintura alta com botões e regatas com as alças fixas em botões frontais. Para compor o visual, os óculos estilo “gatinha” eram os mais comportados e preferidos pela maioria das mulheres.

Leandra Leal veste sua personagem Elzinha com muita sensualidade. A dupla tomara-que-caia com bolero era uma febre na década de 50 e hoje não fica atrás. O recorte evasê das saias de Elizinha era modelagem obrigatória.

Já Virgínia (Tammy Di Calafiori) aparece com modelitos mais comportados., Originários nos anos 20, os sapatos boneca com pulseira abotoada eram peças exclusivas para crianças, o que dá um ar mais inocente à roupa. A meia-calça branca era item obrigatório e a cor azul-marinho ajudava a aparentar formalidade. As sapatilhas abotoadas, usadas hoje com calças jeans, ganham ar mais moderno e menos infantil.

A belíssima Ana Paula Arósio aparece na pele de Laura na trama de Alcides Nogueira. A personagem usa decote tomara-que-caia em corpetes de vestidos sensuais e elegantes (foto). O recorte distante do pescoço deixa as mulheres de ombros de fora, ideal para os bailes da época.

A echarpe jogada para trás também era moda nos anos 50. Para enfeitar, os bordados manuais em pedrarias valorizavam ainda mais a peça. Xales, pashiminas e cachecóis esquentam e incrementam os guarda-roupas femininos.

O tafetá definitivamente era o tecido mais usado à noite e em ocasiões especiais. Na época, era sinônimo de status. Hoje, pode ser combinado com uma peça mais neutra para não poluir o visual.

Experimente fazer uma releitura da moda dos anos 50. Veja o que se encaixa no seu estilo e coloque mais charme nas suas produções!

Fonte - MBPress

Comente