A importância do caimento das roupas

caimento

© Wavebreak Media Ltd./Corbis

De nada adianta conquistar a peça mais trendy do momento se, ao vesti-la, o caimento não for bom. Percebe como o caimento é sempre o critério mais importante a ser considerado na hora de comprar um peça de roupa? O caimento denota a consistência do tecido e sua maleabilidade e fluidez no corpo.

A modelagem e o corte da peça são fatores fundamentais, mas o principal mesmo é se dar conta do corpo que a veste. Num país onde as silhuetas são muito diversificadas, infelizmente os padrões impostos pelo mercado da moda muitas vezes liquida a possibilidade de encontrarmos uma roupa perfeita, que muitas vezes não custaria tão caro assim.

Por isso não tenha medo de experimentar, sempre. Observe os detalhes e, se preciso, faça ajustes nas peças que você já tem. Procure descobrir as texturas e tecidos que te agradam, e o que realça a beleza do seu corpo e o que ofusca. O que é lindo aos olhos pode não ser tão lindo assim no tato.

Procure não se parecer com ninguém, pois o que fica bonito em determinada pessoa pode não ficar exatamente bem em você e vice-e-versa! Além do mais, o que prevalece na maioria das vezes não é a beleza, mas a funcionalidade, ou seja: o que é usável. Comprar um peça que realmente cai bem em você vale muito mais a pena que comprar uma peça absurdamente linda que vai ficar mofando no armário.

E bom caimento também representa qualidade. Observe a costura, os detalhes, se sobra pano demais no ombro, na perna, no quadril. Analise a peça no corpo inteiro. Não procure levar uma roupa também só porque ela está barata, pois é capaz de você não usar de todo jeito. Lembrando que há muitas marcas populares com peças de bom caimento e boa qualidade.

Por essas e outras que existe uma espécie de "regulamento" do caimento da roupa, veja algumas dicas na hora de escolher suas peças:

Cavas - devem sempre permitir uma boa movimentação

Cós - sempre com um espaço mínimo de dois dedos

Colarinhos - não devem apertar, devendo haver a sobra de um dedo para a respiração

Calças - devem ter um espaço mínimo para a região do abdômen, coxas e nádegas. O cavalo (região pouco abaixo do zíper) deve estar na altura correta e não devem formar pregas

Decotes - não devem nunca dobrar nem ondular

Forros - não devem aparecer nem prender os movimentos

Fendas - devem ser retas e fechadas, abrindo-se somente com o movimento da pessoa

Saias - devem sempre ter uma folga de 5 cm na altura dos quadris para permitir o movimento natural

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: moda roupas caimento roupas