Joias feitas de zíper: entre o design e a extravagância

Joias feitas de zíper

Foto/Divulgação

Suas produções já apareceram em revisitas como Vogue, Marie Claire e L’Officiel e tem preços que podem chegar a até U$S 1.200 - o equivalente a aproximadamente R$ 2.000. Não se trata do trabalho de nomes Karl Lagerfeld ou Christian Laboutin, mas de uma designer americana independente que usa um material banal para fazer suas joias: zíperes.

Kate Cusack começou as primeiras experiências na área do design quando ainda era aluna do Maryland Institute College of Art. Hoje, seu trabalho pode ser encontrado em onze pontos de venda espalhados pelos Estados Unidos. Alguns estão situados em museus como o de Arte Contemporânea de Chicago. Mas quem não pode dar um pulo nos Estados Unidos também consegue comprar as peças de Kate. As joias podem ser encontradas em seu site e são entregues em diversos países, incluindo o Brasil.

Os produtos não têm ouro, prata, pedrarias ou qualquer material nobre. Portanto, o que justifica as cifras salgadas dos objetos de Cusack é o fato de eles serem feitos a mão por ela mesma. Além disso, não há uma peça igual à outra e as joias são criadas em edições limitadas, o que aumenta ainda mais o custo.

Divididas entre broches, braceletes e colares, as produções de Cusack são inspiradas, segundo ela mesma, na repetição de objetos do cotidiano. Em seu site ela - que se diz fascinada por adornos e excessos - explica que as bijuterias são feitas de materiais que aparentemente são normais, mas que ganham vida quando são usados.

Nos broches,o metal torcido recebe a forma de uma flor. Assim, a brutalidade do zíper ganha leveza com o formato das pétalas. A peça foi criada em 2002 e patenteada por Cusack em 2003. Com um tamanho de cerca de 10 X 7,6 centímetros, eles têm o preço sugerido de R$ 136. Os broches estão disponíveis em dez cores diferentes e os dentes do zíper também podem variar de cor, entre preteado, dourado e preto.

O toque de exclusividade dos colares fica por conta da assinatura de Kate no fecho, que pode ser dourado ou prateado dependendo do modelo escolhido. Também feitos a mão, eles tem formatos muito mais elaborados que os broches e pulseiras podendo, portanto, atingir um preço de até R$ 1.926. Apesar de haver mais de um colar com o mesmo estilo, a designer garante que não há dois idênticos. Azar de artistas que possam tentar reproduzir seu trabalho, já que cada modelo é registrado.


Os braceletes seguem a mesma proposta dos outros produtos e, assim como tudo o que Kate produz, são protegidos por direitos autorais. O diferencial dessas peças é o fato de poderem ser usadas tanto por homens quanto por mulheres. Os preços variam entre R$ 200 e R$ 480 reais. Você desembolsaria este valor por uma joia feita de zíperes?

Por Giulia Lanzuolo (MBPress)

Comente