Vodca e agressão física liberadas no BBB11

Vodca e agressão física liberadas no BBB11

Lia e Anamara bebendo 'Ice' em uma das festas do BBB 10. Foto: divulgação/ Globo

Numa casa cheia de pessoas confinadas, é quase certo que algum desentendimento vá rolar. Aliás, isso é o que mais espera o público - e os controladores de audiência -, quando se trata de Big Brother Brasil. Até a edição passada, uma regra ditava que agressão física era sinônimo de eliminação do jogo. Por isso mesmo, Fran se segurou e não estapeou Maíra, no BBB 9, e também pelo mesmo motivo ninguém partiu pra ignorância no caso da Tina e a ‘bateção’ de panelas, no BBB 2.

Mas, para o BBB 11, desregra vai ser lei. Além de ser permito uso da violência, vodca vai esquentar os ânimos dos próximos confinados do reality global. Tudo decisão do Big Boss, claro. Boninho decidiu não mais punir com eliminação quem agredir um dos colegas. Ele defende a atitude baseado no princípio de que, como adultos, cada brother e sister saberão o que é melhor para si. O mesmo para a bebida alcoólica. O famoso ‘Ice’, hit da décima edição, é "bebida de criança", segundo Boninho.

Vodca e agressão física liberadas no BBB11

Fran, Maíra e Priscila (ao fundo) durante o BBB9. Foto: divulgação/ Globo


Com as normas mais frouxas, tudo que os participantes precisam é cumprir regras operacionais, como não destruir os objetos da casa e microfone, além de cumprir provas e castigos. Aí, basta só conquistar o público e lutar pelo prêmio, que deve ser maior do que o dado no BBB10. Esse ano, a mesma empresa que deu um apartamento à Fernanda, também mantém parceria com o reality. Um imóvel de R$ 250 mil será um dos prêmios da competição, conforme a própria construtora. O BBB deve estrear em janeiro.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente