Santa ceia da Cavalera gera polêmica

Santa ceia da Cavalera gera polêmicas

Foto/Reprodução facebook

A nova campanha da Cavalera Verão 2013 não agradou a todo mundo. Ao se inspirar na obra de Leonardo Da Vinci, a Santa Ceia, e colocar no lugar dos discípulos doze astros da música e da TV, a grife provocou a ira de alguns católicos.

Segundo o colunista Bruno Astuto, um deles foi Paul Medeiros Krause, procurador do Banco Central em Belo Horizonte. Indignado, ele enviou um e-mail para a marca solicitando o cancelamento imediato da campanha. Até o CONAR - Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária - entrou na história, mas abafou o caso declarando que a imagem não tinha nenhuma apelação provocativa.

Para compor a campanha foram convidados Fernanda Young, Emicida, Regina Guerreiro, Pitty, Sidney Magal, Julia Petit, Pedro Neschling, Iggor Cavalera, Facundo Guerra, Viviane Orth, Alex Hornest e Henrique Fogaça. Todos eles, conforme explicou Alberto Hiar, diretor criativo da grife, serviram de inspiração para o Verão 2013 da Cavalera.

Ao site AdNews, Alberto comentou a polêmica. "Se Jesus fosse vivo, quem seriam seus apóstolos e conselheiros? Escolhi as pessoas mais legais para uma Santa Ceia, uma síntese da tolerância". E completou: "Estou mostrando uma história bíblica, não estou zombando. Ninguém ali é Jesus, mas são deuses em seu universo".

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente