Roupa Nova é indicado ao Grammy Latino

Roupa Nova é indicado ao Grammy Latino

Foto: William Aguiar/ divulgação

O Roupa Nova já embalou várias histórias. Serviu de trilha para romances de novela e também para os da vida real. Agora, depois de 30 anos de carreira, a banda foi indicada ao Grammy Latino, concorrendo na categoria "Melhor Álbum Pop Contemporâneo Brasileiro". Ao lado dele estão Jota Quest, Ivete Sangalo, Rita Lee e Skank.

O trabalho que concorre é o "Roupa Nova em Londres", primeiro com músicas inéditas desde o último, feito há oito anos. O projeto, considerado ousado pelo baixista Nando, levou toda equipe e banda para Londres, onde gravaram em plena Abbey Road, no mesmo estúdio onde os Beatles eternizaram seus grandes sucessos.

Mesmo com o reconhecimento, a banda sofre um pouco com a atitude da imprensa - e se sentem até injustiçados. "Nós nunca fomos compreendidos pela imprensa. A sensação que eu tenho é que o dia em que a minha banda acabar, alguém vai dizer que éramos interessantes. Fazemos tantas coisas e tudo passa em branco", desabafou Nando para o "Jornal da Tarde".

Na mesma entrevista, ele contou porque carrega essa antipatia com a mídia. "Uma matéria da jornalista Ana Maria Bahiana comparava o nosso disco com o do Herva Doce - na época a banda que fazia sucesso com o hit ‘Amante Profissional’. Metia o pau no nosso e celebrava o deles. Deu no que deu. Cadê o Herva Doce?"


Hoje o Roupa Nova faz cerca de 130 shows por ano, com hits como "Dona", "Linda Demais" e "Whisky a Gogo". Os vencedores do Grammy Latino serão conhecidos numa cerimônia que vai acontecer em novembro, em Las Vegas (EUA).

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente