Rick Martin assume homossexualidade

Rick Martin assume homossexualidade

Integrante de uma banda ícone dos anos 80, os Menudos, e considerado símbolo sexual quando se transformou num homem de tirar o fôlego, Rick Martin assumiu, neste segunda-feira (29), sua homossexualidade. Em carta aberta aos fãs, publicada no seu site oficial, o cantor porto-riquenho se disse um gay privilegiado.

Rick nunca foi de aparecer com mulheres e têm dois filhos, Valentino e Matteo, nascidos em 2008 e gerados por uma barriga de aluguel. Está solteiro - pelo menos é o que se sabe. A ideia de se declarar publicamente veio quando decidiu, há alguns meses, escrever suas memórias para, quem sabe, transformar num livro. "Eu sabia que escrever podia me livrar de coisas que estava carregando por muito tempo", escreveu na carta.

No mesmo documento, disse que muitas pessoas o desencorajaram a contar a verdade, dizendo que seu mundo podia ruir, "já que o público não estaria pronto para aceitar". Ele segurou o quanto pode, cheio de medo e insegurança, se "auto-sabotando", como ele mesmo escreveu.


Visivelmente emocionado, ele declarou ainda que este é seu momento e que os anos de silêncio e reflexão serviram para o torná-lo mais forte. Sem parecer preocupado com o que vai acontecer daqui pra frente, disse que a declaração pública serve para ajudá-lo a encontrar a paz interior e ainda evoluir. "Estou orgulhoso em dizer que sou um homossexual privilegiado. E sou muito abençoado por ser quem eu sou", finalizou.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente