Reynaldo Gianecchini: "Queria tirar o atraso de tudo que perdi"

Gianecchini pelo mundo

Foto/Divulgação Contigo!

Enquanto não mergulha nas gravações do remake de "Guerra dos Sexos, Reynaldo Gianecchini aproveita para viajar e comemorar sua vitória contra um câncer linfático.

"Fiquei aquele tempão todo preso no hospital, sem poder tomar sol, sentir o pé no chão. Queria tirar o atraso de tudo que perdi. Agora quero celebrar a vida!", disse o ator de 39 anos em entrevista exclusiva ao site da revista "Contigo!". Em um mês o ator passou por Jerusalém e Tel-Aviv (Israel), São Petersburgo (Rússia), Los Angeles (Estados Unidos), Capri (Itália) e Barcelona (Espanha).

A publicação entrevistou o ator durante uma viagem à praia de Muro Alto, em Porto de Galinhas, Recife, ao lado da irmã Cláudia, 43, e da mãe, Heloisa, 69, que acompanhou de perto o drama do filho. "Minha mãe supermerecia isso, porque foi barra para ela também", declarou.


Essa luta bem sucedida é parte importante da biografia que Reynaldo deseja escrever. "Na época da doença, muita gente vinha falar comigo e dizia o quanto era importante acompanhar a minha história porque eu nunca deixei de ser otimista. Então o livro vai mostrar o lado leve dessa história toda, mas não falará só disso. É a minha vida", disse.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente