"Quebrando o tabu" - discussão sobre a legalização de drogas

Quebrando tabus  discussão polêmica antes da estre

Foto/Divulgação

Na próxima sexta-feira (03) estreia no país "Quebrando o Tabu", um longa que faz duras críticas ao uso de força militar contra usuários de drogas e dependentes químicos. A ideia do projeto que levou dois anos para ser produzido fomenta a discussão sobre temas como legalização e descriminalização das drogas.

Dirigido por Fernando Grostein Andrade, irmão do apresentador Luciano Huck, e ancorado pelo ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, o documentário mostra como outros países tratam o assunto e colhe opiniões de personalidades como Bill Clinton, George W. Bush, Ruth Dreifuss, Dráuzio Varella e Paulo Coelho.

O filme foi exibido para a imprensa na segunda-feira (30). Durante a coletiva de lançamento, o ex-presidente FHC definiu o país como conservador e lamentou o fato de não estarmos prontos para opinar sobre a descriminalização das drogas. "Primeiro a sociedade tem que se informar e discutir, só depois o Congresso deve tratar o tema. Ninguém mais pode fingir que isso não existe ou que é problema exclusivo da polícia", declarou.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente