Penélope Nova revela segredos para a boa forma

Penélope Nova revela segredos para a boa forma

Foto: Reprodução/ Instagram

Há quem goste e admire o corpo sarado de Penélope Nova, mas para chegar a este patamar, a ex-VJ ralou um bocado. Além da musculação, supervisionada por um personal, e do pole dance, a reeducação alimentar é sua palavra de ordem para não sair da linha.

Como foi gordinha na adolescência, Penélope atribui a isso sua dedicação extrema. "Fui uma criança rechonchuda, criada por vó, comia seis pãezinhos de uma só vez", contou durante entrevista ao programa "Roberto Justus +", da TV Record.

A moça não cai em tentação por nada. Tanto é que no casamento de Marcelo Adnet e Dani Calabresa, ela recusou as iguarias oferecidas no jantar e levou sua própria marmita. "Levei uma lata de atum. Na hora que todo mundo ia comer, peguei minha marmitinha, levei pro banheiro. Comi, ninguém viu", revelou.

Satisfeita com o resultado de tanto sacrifício, ela volta e meia compartilha com seus seguidores no Instagram os resultados. Braços e pernas musculosos e abdômen de dar inveja a qualquer mulher. Sua luta contra a balança começou aos 12 anos. "Eu li bastante para aprender e saber escolher tudo o que eu vou comer, sempre visando um resultado positivo", disse em entrevista ao site da revista "Boa Forma".

Para ajudar outras pessoas ela mantém um blog, "Acredita, Bonita!", com orientações sobre como manter a saúde e o corpo sãos. "Ao observar minha foto, gordinha há 10 anos, e me ver hoje com o corpo em forma, as leitoras pensam: 'Se a Penélope conseguiu, eu também consigo'", afirma.

A ex-VJ atualmente pesa 59,5 kg e mede 1,61 m. Mas não pensa que foi fácil, uma vez que mudar a alimentação exige muito sacrifício. "Comer de forma saudável é fácil, mas diminuir o percentual de gordura, eliminar vários alimentos do cardápio pelos resultados é bem mais complicado."

Penélope cortou da alimentação açúcar, farinha branca, frituras, doces e lactose. Gorduras só as boas e na quantidade adequada, assim como proteína e carboidratos. Ela aposta em aveia, batata doce, arroz integral e macarrão integral. Não deixa de lado as vitaminas e sais mineiras dos legumes e verduras e come frutas só até às 17 horas. "Eu adorava risoles, quiche, mas se eu como isso hoje vou parar no hospital. Esses alimentos deixaram de ser apetitosos pra mim", afirma.


A ex-VJ também não deixa de comer a cada duas horas e meia e beber de três a quatro litros de água todos os dias. Aos domingos ela não treina e se permite uma ou duas refeições livres, como um salgado, queijos, chocolate, pão e vinho.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente