Obama, Obama!

Ele é gato, inteligente, poderoso. Marido sexy e pai carinhoso. Praticamente o Brad Pitt da política. Vai gerando um fascínio que nunca se viu antes.

O empenho da mídia em fazer de Obama um herói do seu tempo, convenhamos, não tem atrapalhado... Só aquela foto dele pegando onda no Havaí, antes da eleição, valeu por uns 10 debates com bom desempenho. Seu talento para utilizar o aparato midiático também não é pouca coisa. Craque. Enquanto isso, nós, ávidos consumidores de imagens, com uma queda por personagens que vão salvar o mundo, vamos contribuindo para aumentar os recordes de audiência que cercam tudo o que novo Presidente faz.

Noto que os homens já estão preocupados com o encanto que Obama vem provocando nas mulheres. Outro dia li um artigo do embaixador britânico em Portugal, reclamando: "...meus caros leitores, este novo Presidente eleito está a provocar-me problemas gravíssimos. Ele está a estabelecer um padrão tão alto que, confesso, estou a ter alguma dificuldade em atingí-lo. Já estão a surgir sintomas preocupantes do meu complexo de inferioridade - ontem à noite menti sobre a minha altura, para mostrar que sou igual ao super-homem Barack..."

Uma preocupação que tem fundamento. Inclusive porque o "super-homem Barack" parece estar firmemente empenhado em fazer crescer sua já expressiva popularidade entre as mulheres. Como se não bastasse tanto carisma e tanta bossa (lembram a ginga daquele cheek-to-cheek que ele dançou com a esposa Michele?), Obama escolheu para assinar, como a primeira lei de seu mandato, a que iguala os salários entre homens e mulheres. Incrível? Só bola dentro... De marketing-to-women esse entende!

Uma a Uma é uma empresa de inteligência de mercado especializada no público feminino. As sócias e colunistas do Vila Mulher, Denise Gallo e Renata Petrovic, ajudam a entender melhor e desvendar as várias faces da mulher contemporânea.Contato: umaauma@umaauma.com.br

Comente