Morre Elizabeth Taylor, um dos maiores ícones do cinema

Morre Elizabeth Taylor ícone do cinema

Foto/Reprodução IMDb

Faleceu, nesta quarta-feira (23), uma das maiores estrelas do cinema. Aos 79 anos, Elizabeth Taylor - considerada a mulher mais bela do século passado -, morreu, vítima de insuficiência cardíaca. Em comunicado, o agente e filho da atriz, Michael Wilding, confirmou a morte da mãe. Ele diz que Liz se foi ao lado de seus quatro filhos.

"Apesar de ela ter sofrido diversas complicações, sua condição estava estável e era esperado que ela voltasse para casa em breve. Infelizmente, isso não aconteceu", afirmou.

Wilding também disse que sua mãe viveu a vida intensamente e foi uma mulher extraordinária. "Apesar de sua perda ser devastadora, nós sempre seremos inspirados pela sua contribuição ao nosso mundo." A família pretende fazer funeral particular até o final de semana, segundo a rede ABC.

Elizabeth estava internada no centro médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, Estados Unidos, há aproximadamente dois meses. Desde 2004, ela lutava contra uma doença que impedia seu coração de bombear sangue o suficiente para seus demais órgãos. Debilitada, há mais de cinco anos usava cadeira de rodas e, há três, submeteu-se a uma cirurgia de substituição de uma válvula defeituosa em seu coração.

Estrela de filmes como "Um Lugar ao Sol", "Assim Caminha a Humanidade" e "A Última Vez Que Vi Paris", até hoje é citada por cineastas, que ovacionam sua atuação em "Cleópatra", onde interpretou a rainha do Egito. Ganhou três Oscars - em 1961, por "Disque Butterfield 8", em 1967, por "Quem tem medo de Virginia Woolf?" e em 1993, 26 anos depois, a diva ganhou uma outra homenagem da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, por seu engajamento em causas humanitárias.

Seus belos olhos azuis e atuações impecáveis a fizeram um dos rostos mais conhecidos (e belos) de Hollywood. Atuou com James Dean em "Assim Caminha a Humanidade", onde os dois criaram fortes vínculos de amizade. Depois da morte de Dean por consequências do vírus da AIDS, Liz passou a se dedicar a campanhas em busca da cura da doença que levou um de seus melhores amigos.


Elizabeth Taylor foi casada oito vezes ao todo, fato que também a fez conhecida pela imprensa.

Por Ana Paula de Araujo (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: celebridades glitter elizabeth taylor