Monica Iozzi é o 8º elemento do CQC

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Monica Iozzi é o 8º elemento do CQC

Monica é a nova integrante do CQC. Foto: divulgação/ Band.

Essa semana está sendo mesmo das mulheres. Depois que Luciana garantiu o prêmio do "No Limite", da Rede Globo, agora foi a vez de Monica Iozzi ser escolhida como a 8º integrante do humorístico "Custe o que custar", o "CQC", da Band.

Ela será a primeira mulher a usar o terninho preto da trupe e venceu a disputa com Carol Zoccoli, com 52% da preferência do público. "Ainda não consegui entender muito bem o resultado disso tudo. Estou muito feliz, como em um sonho", disse.

"A Mônica ainda é uma página em branco que será escrita. Ela tem uma personalidade única, meio non sense, com um sarcasmo diferente. Ainda não sabemos que caminho ela seguirá no programa, mas isso aprenderemos com o tempo", afirmou Marcelo Tas, líder do programa.

O "CQC" iniciou a escolha do novo integrante do grupo em agosto, quando 34 (dos 23 mil inscritos) foram selecionados. Eram 24 homens e dez mulheres. Danilo Gentili, Felipe Andreoli, Oscar Filho e Rafael Cortez sabatinaram os concorrentes e 16 deles seguiram em frente. Depois, uma nova seleção dispensou metade dos aspirantes.

Quem sobrou foi às ruas com a missão de entrevistar desconhecidos e celebridades, para testar o desempenho prático. Aí sobraram apenas quatro: dois homens e duas mulheres.

Na semifinal, a produção do programa formou duas duplas. Rogério Morgado e Carol Zoccoli foram pautados para a cobertura do "Prêmio Jovem Brasileiro", enquanto Paulão, da banda "Velhas Virgens", e Monica Iozzi foram designados para acompanhar a "Virada Esportiva". O melhor desempenho garantiu às meninas um lugar na final, decidido nesta segunda-feira (28). O programa exibiu duas reportagens feitas pelas candidatas e o veredicto foi anunciado por Marcelo Tas. Na votação feita pela internet e via SMS a disputa foi apertada, mas a moça de Ribeirão Preto levou."O CQC sempre valorizou estilos diferentes, que existem mesmo antes do programa. A Monica vai encontrar o estilo dela", disse Rafinha Bastos.

[galeria]


Poucos minutos depois do programa, já na madrugada, a vencedora ainda parecia não acreditar no resultado. "Estou extremamente feliz por realizar algo que parecia impossível. Acho a Carol fantástica, extremamente inteligente e isso me deixou insegura, não sabia o que podia acontecer", disse. Mas agora Monica só pensa em trabalhar: "gosto bastante de cultura e política, mas quero fazer tudo. Tenho muito a aprender".

Por Sabrina Passos (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente