Larissa Maciel no papel de Maysa

Maysa

Foto - Divulgação/ Renato Rocha Miranda

Seus olhos são quase tão marcantes e expressivos quanto os de Maysa. E sua conduta diante das câmeras, interpretando um dos ícones mais efervescentes e polêmicos da música brasileira, vem se destacando cada vez mais. Larissa Maciel, 31 anos, ganhou a responsabilidade de reproduzir a biografia daquela que viveu tudo o que pode. Descoberta pelos produtores da Globo nos palcos do Rio Grande do Sul, ela é a protagonista da minissérie “Maysa - Quando fala o Coração”.

Desde o momento em que foi escolhida em uma seleção de 200 candidatas, há mais ou menos um ano, a atriz se empenhou em incorporar Maysa. Sua empreitada para se transformar na cantora contou com aulas de canto, expressão corporal e fonoaudióloga para treinar a voz.

Larissa também se dedicou a ler a biografia “Maysa - Só numa multidão de Amores”, de Lira Neto e assistiu a 13 DVDs com shows, entrevistas e especiais para a TV.

Em depoimento registrado no blog da produção do programa, ela declara que é uma grande honra incorporar Maysa. Chegou a sonhar com a cantora e ficou emocionada quando se viu caracterizada pela primeira vez. Entretanto, diz que não quer ficar marcada pelo personagem e tem vontade de atuar em outros trabalhos. A atriz atua desde 1996.

A minissérie começou a ser gravada em agosto de 2008, e estreou na última segunda-feira (5). Em entrevista, Larissa falou sobre a composição da personagem, as suas semelhanças e diferenças com a cantora e sobre a repercussão da série.

Qual foi o processo para compor o personagem Maysa?

Há um ano, mergulhei de cabeça no universo dela. Ela morreu exatamente no ano em que eu nasci: 1977. Confesso que não conhecia profundamente sua história. Sabia como ela havia morrido e conhecia algumas músicas famosas.

Teve alguma dificuldade?

Trabalhei muito para poder interpretá-la. Maysa tinha uma voz muito mais grave que a minha, por exemplo.

Larissa Maciel  Mayssa

Foto - Divulgação/ Renato Rocha Miranda

O diretor Jayme Monjardim, filho de Maysa, te deu algumas dicas?

Tive acesso a tudo o que ele guardou como recordação. Trabalhamos juntos desde o começo. Dei duro, mas foi tudo muito tranqüilo.

Muitas pessoas comentam sobre a sua semelhança física com a personagem. Você se acha parecida com ela?

Nunca. Na verdade sou bem diferente dela, mas quando me vi pela primeira vez caracterizada até eu mesma achei impressionante. Aliás, todos que me conhecem pessoalmente, e aqueles que conviveram com ela, ficaram impressionados com a semelhança. Isso para mim é motivo de orgulho.

E quanto ao temperamento forte. Existe alguma semelhança?

Nisso também sou bem diferente. A Maysa é uma mulher mais introspectiva. É uma personagem mais forte. Agora se tem algo de semelhante entre eu e ela é que ambas se entregam de corpo e alma naquilo que fazem. Nisso nós somos idênticas. Foi assim que consegui encarar a personagem e era assim que Maysa fazia com sua arte.

Além da série, a história de Maysa também será lançada como filme?

O longa-metragem foi filmado juntamente com o seriado. É claro que a história ficou mais focada, pois a minissérie tem apenas nove capítulos. E quando nós recebíamos os textos do Manoel Carlos, ficávamos emocionados só de ler, pois um capítulo é melhor que o outro. Os telespectadores vão ver isso na tela.

Como tem sido a repercussão da série?

Recebi muitos e-mails e ligações me parabenizando. Estou muito feliz. Amigos, familiares,

inclusive aqueles que conviveram com a Maysa e que estiveram conosco durante as gravações, todos se disseram muito emocionados.

Por Luis Henrique Bio (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: celebridades larissa maciel maysa