Herchcovitch fala sobre fim da parceria com Dilma

Herchcovitch fala sobre Dilma

Foto/Agência Fotosite

Alexandre Herchcovitch concedeu entrevista ao jornal "O Estado de S. Paulo" e falou sobre a parceria desfeita entre ele e Dilma Rousseff. Segundo a coluna "Direto da Fonte" desta segunda-feira (28), o estilista havia sido chamado para cuidar o guarda-roupa da presidente. No entanto, Dilma voltou atrás e decidiu escolher a gaúcha Luisa Stadtlander, sua costureira há 20 anos, para ocupar o cargo.

"Não sobrou nenhuma mágoa", garante Herchcovitch. Ele contou ao jornal que chegou a fazer 30 peças em quatros dias para a presidente. "Dilma foi muito exigente", contou, lembrando que teve pouquíssimo contato com ela. "Foram três encontros permitidos: um de oito minutos, outro de 12 minutos e o terceiro de cinco minutos. Foi impossível", recorda.


O estilista afirmou que a parceria foi um grande desafio, apesar de não ter conseguido cumpri-la por falta de estrutura e de tempo. "Gostaria ter acertado de primeira, mas não deu. Fiz um guarda-roupa completo. Um mês de tentativas até que se decidiu, poucos dias antes da eleição, que o trabalho teria que ser descontinuado", emenda.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?