Grife de Beyoncé é acusada de copiar modelo de legging

Grife de Beyoné é acusada de plagiar modelo de leg

Beyoncé na campanha da marca Dereon (Reprodução House of Dereon) e Calça da E-label (Reprodução Loja Virtual E-label)

Quem poderia imaginar que uma simples legging seria alvo de uma polêmica envolvendo Beyoncé. Depois de posar com seus cabelos super loiros e atitude rock para a campanha da própria grife, Dereon, a marca E-label acusa a cantora de usar uma peça idêntica, comprada em uma das lojas de Londres.

Ao se comparar a calça da loja virtual da islandesa E-label e a peça que a cantora usa no anúncio da Dereon fica claro que as duas peças são iguais. Em entrevista ao jornal Daily Mail, Helba Hallgrimsdottir, co-proprietária da marca, disse que quando viu a foto até chegou a pensar que Beyoncé estava usando a legging criada por sua equipe. Por enquanto, a diretora ainda não sabe se vai acionar judicialmente a cantora, mesmo porque Helba afirmou que precisa inspecionar de perto e comparar as duas calças. "Não é considerado cópia caso tenha um determinado número de alterações do desenho original", disse.

Ainda conforme Helba, apesar de a peça da E-label não ser protegida por direitos autorais, as fotos divulgadas na imprensa durante a viagem de Beyoncé a Londres, quando aproveitou para comprar a calça, prova o plágio.

Pelo que se viu na campanha, Beyoncé agora adota um estilo mais rock e extravagante, próximo da sua amiga de clipes Lady Gaga. A peruca loira platinada, a tatuagem falsa por todas as costas, além de correntes, aranhas e crânios, também são elementos do seu visual mais roqueiro. Ombros marcados, vestido black jeans e muitas tachinhas, inclusive na legging preta, ditaram a nova coleção da marca que foi criada por Beyoncé e sua mãe, Tina Knowles, em 2006.

leia também


Na verdade, a grife faz parte da marca House of Dereon. As duas levam o sobrenome da avó materna de Beyoncé, Agnez Dereon. Algumas peças da grife já foram parar aqui no Brasil, isso quando a cantora fechou uma parceria com a loja de departamentos C&A, com vestidos e blusas, entre outras peças, de preços mais acessíveis, em maio desse ano.

Por Juliana Lopes

Comente