Entrevista: Edu Guedes

Edu Guedes

Edu Guedes (Arquivo MBPress)

Eduardo Guedes estreou na televisão há oito anos, ao lado de Claudete Troiano no programa “Note e Anote”. Hoje, comanda ao lado de Ana Hickmann e Britto Jr, o “Hoje em Dia”, da Rede Record. Também marcou presença ao lado de Paulo Henrique Amorim no “Tudo a Ver”, em 2004. É também dono da sorveteria Stuppendo, no bairro de Moema, em São Paulo, fundada em 1996. Mas foi pelo gosto pela culinária - surgido quando observava a avó materna cozinhar - que o galã parou nas telinhas. “Estar na TV foi um processo bem gradativo. Foi uma construção de carreira, de formato de trabalho, enfim. O sucesso vem, com certeza, da vontade de fazer o melhor, de amar o que se faz”, contou em entrevista.

Eduardo já foi casado com a apresentadora Eliana, mas os dois se separaram em 2007. No no seguinte se casou com Daniela Zurita, com quem teve Maria Eduarda, nascida em fevereiro deste ano.

Feliz com a carreira, Edu diz que esta num momento muito bom de sua vida. “Acredito que uma das qualidades que se deve ter é não ter medo. Fazer aquilo que você ama, que te dá felicidade. Assim como em qualquer outro trabalho, é preciso concentração para fazer um produto bem feito. É uma constante evolução”.

Você iniciou sua vida na televisão na atração de Claudete Troiano. Já imaginava que um dia estaria em uma atração como o Hoje em Dia?

O meu caso com a TV foi de surpresa. Eu recebi um prêmio internacional, chamado "Espátula de Argento", onde fiquei entre as três melhores pessoas que fizeram sorvetes no mundo. A Claudete Troiano, ainda na Record, me convidou para falar sobre isso em seu programa. Voltei na outra semana para fazer um sorvete e nesse dia ela me disse: "Edu, tenho uma notícia para você, vai ter que voltar aqui toda semana para cozinhar com a gente!".

Como é trabalhar com Brito Jr e Ana Hickmann?

O programa já está no ar há alguns anos e teve um grande crescimento, assim como a nossa amizade. Eu os classifico como ótimas pessoas e, com certeza, vem daí o sucesso!

A amizade de vocês continua para fora dos estúdios?

Convivemos todos os dias durante o programa. Fora dos estúdios temos também muitos trabalhos extras, vida pessoal, compromissos comerciais. Eu e o Britto, por exemplo, toda quinta nos reunimos com o pessoal que trabalha na Record para jogar futebol.

Quais são seus planos futuros?

Estou numa fase ótima da minha vida profissional e emocional. Pretendo abrir uma escola profissionalizante para empregadas domésticas aprimorarem seus serviços e poderem oferecer muito mais daquilo que já sabem fazer. O objetivo é que esta profissão seja reconhecida e tenha o seu devido valor. Elas vão aprender a cozinhar, arrumar uma cama, passar roupa, arrumar uma mala, entre muitas coisas que irão favorecer o desempenho desta atividade, afinal, você não pode ser só bom nisso, ou naquilo, tem que ser bom em tudo, naquilo que escolheu pra trabalhar.

Gostaria de ter um programa só seu de culinária?

Com certeza. E em breve terei algumas novidades para contar! Eu cozinho desde pequeno, mas profissionalmente há 14 anos. Sempre cozinhei com minha avó, ela era de origem italiana, meu avô era espanhol. A gente cozinhava muito e fazia para a família mesmo. E não somente sabores habitam nas minhas memórias, mas os perfumes das comidas e também uma característica que a cozinha tem: a de reunir as pessoas. Cozinhar é sempre envolvido de harmonia, reunião de amigos, de família. Poder fazer um programa que tem este "sabor" é um desejo que pretendo realizar.

Como é o assédio dos fãs? Você lida bem com isso?

A minha vida particular eu tento separar da vida na TV. Não me exponho demais, porque isso pode ser negativo. Gosto de me preservar. Lidar, por exemplo, com o assédio dos fãs é fácil. Para mim, trata-se de um reconhecimento daquilo que tenho feito e construído ao longo destes anos. Trato bem todo mundo. Atendo todos, porém, sei dividir bem.

Edu Guedes e Daniela Zurita

Edu Guedes e Daniela Zurita (Arquivo MBPress)

Você já é pai. O que mudou em sua vida a partir do nascimento da criança?

Posso dizer que esta é uma experiência difícil de explicar, é algo divino! Meus sonhos pessoais são aumentar a família e ser feliz com a Dani!

Por Andréia Takano (MBPress)

Comente