Eleições 2010 - candidatos celebridades

Eleições 2010  candidatos celebridades

Mulher Pêra - Foto/Site oficial da campanha

Cantores, apresentadores de TV ou jogadores de futebol, muitos deles se tornaram celebridades por vários motivos. O sucesso trouxe fãs e admiradores, que, no futuro, viram eleitores. Frank Aguiar, por exemplo, já tem uma certa experiência na política. Assumiu o posto de vice-prefeito de São Bernardo do Campo (SP) e em pleno mandato já faz campanha para conseguir uma vaga como deputado federal por São Paulo, pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Já Netinho de Paula, eleito vereador em 2008, agora voltou a fazer o famoso corpo a corpo por conta da sua candidatura ao Senado Federal pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Este ano, a listinhas de artistas e celebridades instantâneas que aspiram a um cargo político, muitos sem ter ao menos ter pisado em um órgão público, é grande. O Partido da República (PR) tem como candidato Everaldo Oliveira Silva, ninguém menos que "Tiririca", que conseguiu os seus cinco minutos de fama com o hit "Florentina", em 1996.

O candidato a deputado federal faz sucesso na rede com a exibição através do YouTube da sua propaganda política, a ser exibida em breve na TV. Everaldo, que conta com os votos dos nordestinos residentes em São Paulo, disse em entrevista ao portal Terra que tem reservado projetos para crianças, idosos e os menos favorecidos. Se for eleito, ele promete não entrar no jogo dos "abestados", nome que dá aos políticos atuais e afirma que vai entrar sério na Câmara.

Assim como Tiririca, Simony Benelli Galasso também se candidata pela primeira vez e promete que vai conseguir conciliar a sua profissão com a política se for eleita. A cantora com 30 anos de carreira ganhou fama ainda criança com a turma do Balão Mágico, atração infantil apresentada na TV Globo na década de 80.

Uma de suas bandeiras é a manutenção da família, apesar de não viver com nenhum dos pais dos seus três filhos. Com o apoio de Celso Russomano, a candidata ao cargo de deputado estadual pelo Partido Progressista (PP) afirmou em entrevistas que não irá se aproveitar da política para ganhar dinheiro, pois ainda tem na carreira como cantora o seu "ganha pão", por isso nem chegou a lançar DVD, devido a lei eleitoral. Em sua página no Twitter, ela mantém contato com seu eleitorado e, de vez em quando, escreve frases, como: "Eu não me contamino com corrupção, e nem com coisas que possam ferir minha moral ou da minha família, a dignidade não tem preço".

Ainda entre as mulheres, uma candidatura de cair o queixo. Mulher Pêra concorre pelo PTN (Partido Trabalhista Nacional) e almeja ser deputada federal. Natural de Guaratinguetá e com o nome de batismo de Suellem Aline Mendes Silva, ela declarou como único bem um veículo da marca Mercedes, avaliado em R$ 20 mil. Em seu site oficial, ela não menciona suas propostas de governo, apenas coloca fotos e um resumo de quem é. "Mulher que não se destaca só pela sua beleza, mas pela inteligência". Também cita a sua participação em programas de rádio, onde declamava poemas.

Entre os cantores mais dois entraram na lista. Kiko, candidato a deputado federal, e Leandro, que disputa um cargo na Assembléia Legislativa de São Paulo. Os irmãos do grupo KLB concorrem pelo partido Democratas (DEM). Kiko tem como principal assunto de sua campanha o combate à pedofilia. Ele que participa a três anos da CPI da Pedofilia, quer conseguir um cargo público para aumentar a sua participação nessa questão. Leandro segue a mesma ideia e diz querer lutar pela manutenção da família. "Não consigo ver uma saída se não tomarem uma medida contundente na educação e formação das pessoas nas comunidades do Rio", escreveu em sua página no Twitter. Nos sites de suas campanhas, eles afirmam que vão manter a agenda de shows e o trio KLB não vai acabar caso sejam eleitos.

Já o professor e vencedor do "Big Brother Brasil 5", Jean Wyllys, tem como objetivo um lugar na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro. Candidato pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), ele conta com o apoio do ator Wagner Moura e já tem música para a campanha. "Novo Amanhecer" foi feita especialmente por Cláudio Lins.

Jean defende os direitos dos LGBTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Transgêneros e Simpatizantes), mas deixou claro no site de sua campanha que essa questão faz parte das suas propostas em favor dos Direitos Humanos e das liberdades civis. "Como professor pretendo ainda dar atenção especial à educação (à pública em especial), por meio de projetos de lei que promovam e assegurem uma educação para uma cultura sustentável e para a diversidade cultural", escreveu em sua proposta.

O professor ainda tem como prioridade a defesa do desenvolvimento sustentável. Além disso assume o compromisso de não participar de qualquer esquema de corrupção. "Procuro denunciá-los sempre que os flagrar, por entender que a violência praticada por parlamentares corruptos - os crimes de colarinho branco - equivale àquela dos que roubam a mão armada", colocou o candidato que tem registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), um apartamento em Salvador no valor de 200 mil reais, uma casa em Alagoinha (BA), de 120 mil, e um Cross Fox 2007 de 50 mil.

[galeria]

Tetracampeões na política

Ao invés de seguir uma vida tranqüila, jogando seu futvôlei nas areias das praias cariocas, Romário quer mesmo uma cadeira na Câmara Federal e concorre nessas eleições pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro). O baixinho conta com apoio do cantor Marcelo D2, que gravou o jingle de sua campanha. "Tem sujeito que não se decide / se tem bronca ele treme, ele some / E é por isso que eu prezo Romário / decisão é o nome do homem".

Também em seu site, Romário disponibiliza todas as suas propostas, entre elas, garantir que a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 deixem um legado social importante para o Rio de Janeiro. A criação de pólos de saúde, educação e esporte para crianças em comunidades carentes, além investimentos para projetos socioesportivos no Rio de Janeiro também são suas bandeiras. No momento do registro de candidatura, Romário declarou à Justiça Eleitoral ter R$ 883.632,96 em bens.


O ex-jogador Bebeto, candidato a deputado estadual pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), também tem o esporte como seu foco. Em entrevista ao jornal "O Globo", José Roberto Gama de Oliveira cita uma de suas ideias, o projeto Rio Olímpico. "São centros de treinamento com atletas de alto nível". Pelo visto a sua vida financeira é um pouco mais gorda do que o amigo de tetracampeonato. O ex-jogador declarou à Justiça Eleitoral ter um patrimônio de R$ 6.674.244,71, incluindo automóveis, apartamentos e até tapetes persas. Agora é aguardar nas urnas, se a fama dá mesmo um empurrãozinho na carreira política.

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: celebridades política celebridades