Dr. Ray teve que provar que fala português para ser candidato

drhollywood

Foto - Reprodução/Instagram

Acredite ou não, a situação do cirurgião plástico Roberto Miguel Rey Junior, o Dr. Rey - ou Dr. Hollywood -, é parecida àquela vivida pelo humorista Tiririca há quatro anos, quando quis participar da política.

O candidato a deputado federal nas eleições de outubro pelo PSC (Partido Social Cristão),teve de provar que fala português para não ter candidatura impugnada.

Ele compareceu ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) para comprovar que é alfabetizado na língua portuguesa.

"Hoje no Tribunal Regional Eleitoral, atestando minha assinatura e privando escolaridade! Inclusive, trouxe meus diplomas da Harvard (aonde também fiz mestrado em Ciências Políticas)! In Brazil, One hás to prove literacy---i brought my Harvard Degrees, just in case.... (sic)", escreveu Dr. Rey em sua página no Facebook.

No caso de Dr. Rey, a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-SP) questionou a falta do documento que comprovada a alfabetização em português do médico. Ele deixou o Brasil quando tinha 11 anos de idade e se formou em cirurgia plástica e ciências políticas na aclamada Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

A declaração de bens de Dr. Rey também foi questionada pela PRE-SP. O candidato disse ter apresentado a documentação e agora a procuradoria irá analisar o caso.

Em caso de ausência de dados, a candidatura do cirurgião pode ser impugnada e o caso deverá ir parar na Justiça Eleitoral. A situação revoltou Dr. Rey. "Eu estudei mais do que o Lula e o Tiririca no Brasil. O Lula foi até a 4ª série, o Tiririca nem estudou direito e eu fui até a 6ª série", disse o médico.

O pedido da PRE-SP foi feito no dia 20 deste mês, mas é possível entender as dúvidas. Ainda mais se você acompanhar algumas postagens de Dr. Rey em seu Facebook, nas quais ele "escorrega" no português.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: cirurgia plástica política