Discurso de Patricia Arquette foi o auge do Oscar 2015

Discurso engajado de Patricia Arquette em defesa dos direitos das mulheres foi aclamado pela plateia
patricia arquette oscar

foto reprodução: TNT

A cerimônia do Oscar sempre conta com momentos marcantes e na premiação deste ano não foi diferente. O destaque, sem dúvida, foi para a atriz Patrícia Arquette, que ganhou o Oscar de melhor atriz pelo papel de Olivia Evans em Boyhood - Da Infância à Juventude, uma mãe solteira, batalhadora e feminista.

Patrícia, aliás, era a favorita a receber a estatueta, mesmo concorrendo com uma das mais premiadas atrizes de todos os tempos, Meryl Streep. Sua atuação, segundo os críticos, foi impecável. 


O discurso de agradecimento da atriz foi inflamado, trazendo a discussão sobre a igualdade de gênero. "Dedico a todos os cidadãos que já lutaram pela igualdade de direitos. É a nossa vez de ter direitos salariais iguais, de uma vez por todas, para as mulheres nos Estados Unidos da América”, bradou Patrícia, ovacionada pela plateia.

Uma das mais entusiasmadas com o discurso foi a sua grande concorrente ao prêmio, Meryl Streep, que, ao lado de Jennifer Lopez, apoiou a causa. A empolgação de Meryl não causa tanto espanto assim, se prestarmos atenção nas suas ações engajadas. Ela doou o cachê do filme "A Dama de Ferro" para o Museu de História da Mulher.

Para quem não sabe, uma das maiores polêmicas atuais é que, mesmo em 2015, as mulheres ainda ganham bem menos que os homens, inclusive em Hollywood!

Por Jessica Moraes

Comente

Assuntos relacionados: oscar feminismo