Conheça a banda Lipstick

Conheça a banda Lipstick

Divulgação

O som é alto e cheio de atitude. No palco, guitarra, baixo, bateria, teclado e voz falam a língua do rock e não deixam ninguém ficar parado. A banda vem crescendo, conquistando espaço e respeito no cenário musical. Para completar, é composto apenas por meninas! Para elas não existe mais o tempo em que homens sabiam tocar e as mulheres serviam apenas de tietes. As garotas do Lipstick mostram que acordes amplificados e reverberantes não são restritos a ala da testosterona.

Michelle Oliveira domina os teclados, Tila Gandra pilota a bateria, Mel Ravasio comanda o vocal, Carolina Navarro dá vida ao baixo e Dedê Soares arrebenta na guitarra. Essa mistura é o ingrediente que faz os shows da Lipstick entrarem em ebulição.

Em um papo descontraído, a banda explica como foi que tudo começou. O grupo teve início em 2000, por mero acaso. Tila, Carol e Michelle se conheceram numa escola de música e, para uma apresentação de fim de ano, decidiram montar a banda. Mal sabiam que a despretensiosa formação superaria os muros da sala de aula e ganharia proporções maiores. “Alguns anos depois, em 2004, a Dedê, que estudava no mesmo colégio, acabou entrando para o time. Um ano depois assumi os vocais e estamos aí até hoje”, conta Mel.

Era impossível prever se a banda conseguiria conquistar um lugar dentro da cena roqueira, mas já era de se esperar as dificuldades. Elas contam que o começo foi bem difícil. Elas sofreram preconceito, ainda mais sendo uma banda formada apenas por meninas. “Muitas pessoas duvidam da capacidade de nós mulheres! Não é porque somos mulheres que não podemos fazer rock. É besteira essa guerra dos sexos”, opinam. Mas com dedicação e profissionalismo, elas conseguiram mostrar que não estão para brincadeira. Em 2006, assinaram contrato com a Thurbo Music e continuam com a gravadora até hoje.

Com o contrato assinado, não levou muito tempo para que saísse o primeiro single, “Cada segundo que eu tinha”. Todas as integrantes participaram do processo de composição e, quando o trabalho finalmente saiu do forno, não era apenas um CD com uma música - contava com faixa multimídia, vídeo-clipe e making of do trabalho.

Conheça a banda Lipstick

Divulgação

Além de companheiras de banda, as meninas do Lipstick também são grandes amigas, cheias de histórias para contar. “Uma vez, em um show em São Paulo, a Carol, que é a baixista, caiu no meio da apresentação porque a banda anterior havia derrubado muita água no palco e ficou escorregadio”, lembram. Segundo elas, essa foi uma das situações mais engraçadas que passaram juntas.

Mas tanto o rock como as amizades são instáveis e também é comum acontecerem umas briguinhas entre as meninas. “Algumas porque passamos muito tempo juntas, mas são coisas de convivência. Sabemos como uma deve agir com a outra para manter sempre nossa relação de amizade boa”, concordam. E confessam que quando estão longe, sentem muita falta umas das outras.

Influenciadas por bandas como “The Donnas”, “Papa Roach” e “Story of the year”, além das cantoras Kelly Clarkson e Alanis Morissette, as músicas da Lipstick falam de desilusões amorosas, sentimentos e situações pelas quais as meninas passam. “A Mel escreve sobre coisas alheias, eu e a Carol escrevemos sobre alguma coisa que passamos. No final, sentamos com a banda toda e terminamos a música sempre juntas”, conta Dedê.

Outro item que chama atenção é o visual das garotas, que adotam looks arrojados e ousados. “A gente sempre faz o nosso estilo. Não temos uma regra nem nada, se gostamos da roupa a gente usa e pronto”, dizem. Vestidos retrôs, meia-calças coloridas, cintos de rebites, calças skinny e sneakers são alguns dos itens que ajudam a compor o visual da banda. “Quando estamos em cima do palco, gostamos de usar acessórios, roupas diferentes. Coisa que chamem atenção mesmo”, explicam.

Quando questionadas sobre o que pensam da atual situação do rock brasileiro, elas não hesitaram em responder. “Acreditamos que tudo evolui! Mesmo a cena estando relativamente parecida, as pessoas amadurecem”, desabafam. E mostram maturidade para falar sobre o próprio trabalho. “Melhoramos muito desde o começo da banda, nosso show está bem mais profissional e o público nota essa mudança, sem dúvida”.

Atualmente, a banda está em turnê pelo interior de São Paulo e depois vai entrar em estúdio, para iniciar as gravações do segundo CD. Além do álbum, a banda tem como objetivo gravar um DVD.

leia também


Por Cínthya Dávila (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: famosas música rock atitude banda moda rock