Celebridades em forma, depois dos 40

Luiza Brunet

Foto - Arquivo MBPress

É cada vez mais comum celebridades de 40 anos ou mais, com o corpão em dia, estamparem as capas das revistas e brilharem na telinha. Além daquelas que moldam o corpo e o rosto com plásticas e intervenções de todo tipo, muitas mantém o corpo só com malhação e alimentação saudável.

A atriz Christiane Fernandes, por exemplo, esbanja a bela silhueta na capa da edição de janeiro revista “Boa Forma”. Aos 40 anos e mãe de um menino de cinco, ela afirma que é uma mulher em construção. Segundo a atriz, ninguém nasce com o corpo dos sonhos e, para chegar lá, é preciso suar o top. “Temos que batalhar pelas coisas que queremos. Acredito que força de vontade conta mais do que genética”, diz.

Christiane, que vivia Rita, na novela “A Favorita”, tem 51 quilos muito bem distribuídos em 1,70 metro de altura. Faz aulas de boxe tailandês, corre, anda de bicicleta e ainda é adepta da musculação. Jura que faz 500 abdominais, de uma só vez. “Não existe milagre. Para se ter uma barriga e um bumbum bonitos é preciso malhar”, conta ela na publicação. A atriz admite que a preguiça bate, lógico. E que, muitas vezes, tem vontade de ficar em casa, na base da pipoca e do chocolate. Mas sabe que se cair em tentação virar rotina, o preço é alto e adeus boa forma.

Outra que vive estampando capas por aí é Solange Frazão. Em dezembro ela completou 46 anos de idade e, este mês, é capa da revista “Plástica e Beleza”. A personal trainner e apresentadora diz que vem mudando a rotina de exercícios para não ficar musculosa. Mas a silhueta invejável que exibe dá trabalho. Solange tem uma agenda rigorosa de exercícios. Além de muita musculação, joga tênis aos sábados. O corpo sarado é mantido com terapia ortomolecular. Doce, pizza, massa? Só come aos domingos. E sem exagero. Acredite se puder, Solange tem três filhos, de 22, 20 e 16 anos. Foi Miss São Paulo 1982 e vice Miss Brasil no mesmo ano.

Mas manter a forma daquela época depois dos 40 é difícil. Os hormônios se alteram, o metabolismo cai, assim como o sono, e o estresse fica à flor da pele. E como a capacidade física tende a diminuir, o peso pode aumentar. Médicos alertam que entre 40 e 50 anos as pessoas necessitam por volta de 300 a 500 calorias a menos por dia do que precisavam aos 20 anos para manter seu corpo.

Então, para garantir um corpo de estrela depois que a idade corre contra, o indicado é reduzir as calorias e incorporar a prática de exercícios à rotina. Andar rápido chega a gastar três vezes mais caloria do que ficar em casa, de bobeira. Nadar aumenta o gasto de quatro a cinco vezes e subir degraus ou andar de bicicleta eleva-o em seis vezes.

Solange Frazão e Christiane Fernandes

Solange Frazão e Christiane Fernandes / Foto - Arquivo MBPress

Luiza Brunet, outra musa que já passou dos 40 mas continua com corpo de 20, tem barriga chapada, músculos e nada de gordura perdida pelo corpo. Aos 47, é mãe de dois filhos, de 20 e 11 anos, e jura que conquistou o abdome com muito exercício - sem plástica. Mas ela confessa, para quem quiser saber. Apesar da disciplina, que envolve exercício aeróbico e alimentação balanceada, ficou mais difícil vencer as gordurinhas depois dos 40 anos. Toda a boa forma dela poderá ser conferida no carnaval, quando Luiza desfila à frente da bateria da Imperatriz Leopoldinense, no Rio de Janeiro.

Além das brasileiras em forma na casa dos 40, vale lembrar outras estrelas que estão com tudo, mundo afora. Nicole Kidman tem 41 anos e teve seus atributos físicos muito bem aproveitados como garota-propaganda da Chanel. Halle Berry, mesma idade, apresenta ainda corpo de menininha, para quem quiser ver.

E o que dizer de Sharon Stone que, aos 50, continua linda e com o corpo de quando estreou no cinema? Madonna também já viveu meio século, mas continua com musculatura rígida e em plena forma. A musa de “Sex and the city”, Sarah Jessica Parker, acredite se puder, tem 43. Como é que elas conseguem? Além de uma renda extra, salão de beleza e, cá entre nós, algum trabalho de “fotoshop”, elas cuidam mesmo do corpo. E da mente, pode apostar.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente