Celebridades aderem à campanha de repúdio contra a violência

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
“Dói Em Todos Nós”

Foto: Reprodução/ Instagram

Entre tantas imagens dos protestos contra aumento de tarifas e melhoria do transporte público em São Paulo divulgada nas mídias, uma ampliou ainda mais a revolta dos manifestantes: a jornalista da Folha de S. Paulo, Giuliana Vallone, foi ferida no olho por uma bala de borracha enquanto cobria a manifestação na cidade paulistana na quinta-feira (13).

Estarrecido com tanta violência e ciente do poder que as celebridades têm nos meios de comunicação, o fotógrafo Yuri Sardenberg contou com a ajuda de atores e famosos para criar o protesto "Dói em Todos Nós". O projeto consiste em divulgar pelas redes sociais celebridades com o olho machucado, fazendo uma alusão ao que aconteceu com a jornalista. Quem compartilha as imagens nas redes sociais usa as hashtags "MudaBrasil" e "DóiEmTodosNós".

Entre os famosos que participaram prontamente do protesto estão Thaila Ayala, Paulinho Vilhena, Yasmin Brunet, Fernanda Rodrigues, Mayana Neiva, Carmo Dalla Vecchia e o ex-BBB Yuri Fernandes.

Inclusive alguns atores aproveitaram as redes sociais para darem suas opiniões sobre o assunto. Em sua página no Instagram, Thaila Ayala escreveu: "Vivi muitos anos metendo o pau no q achava q estava errado nesse país, na nossa política, criticando, e sentindo falta de fazer algo a mais, sentindo falta de atitude da população, de nós brasileiros acomodados, o pais do futebol e carnaval , do "tudo tem um jeitinho", da malandragem !!! Me senti enojada e envergonhada muitas vezes e agora sinto repulsa de toda essa sujeira e maquiagem feita o tempo todo no nosso país, principalmente do q esta acontecendo AGORA! Tenho pena das pessoas q não tem informações, nada além dessas notícias deturpadas e q ainda acham q tudo isso é arruaça por 0,20 centavos ! Acorda Brasil essa é nossa chance de mudar, de crescermos, de brigarmos por uma educação decente, saúde, segurança , chega de impunidade, de mensalão, de políticos podres de ricos comprando iates c nosso dinheiro, CHEGA de obras bilionárias q nunca chegam a fim p q possam roubar mais e mais, chega de se calar, chega de aceitarmos tudo o q nos é imposto! Vamos as ruas, vamos as janelas, vamos as redes sócias, vamos gritar, vamos nos unir, pq juntos conseguimos ir mais longe! Chega de violência seus policias, pois já sabemos q estão passando em cima de gente c moto, carro, e o q tiver na frente, q estão quebrando seus próprios carros p colocar a culpa em quem esta lutando para um futuro melhor p seus filhos! Agora é a hora de lutarmos por um pais livre, pelo direito da democracia , contra essa ditadura e essa opressão ridícula e vergonhoso!"

O ator Paulo Vilhena, marido de Thaila, também se manifestou: "Essa foto faz parte de mais uma manifestação entre tantas que vem acontecendo em todo país. A e truculência com que os manifestantes vêm sendo abordados são mais uma forma de desrespeito ao cidadão brasileiro, não bastasse tudo que nos falta de direito, manifestar a insatisfação se tornou mais um medo para o brasileiro. Sair pra trabalhar em paz, ficar doente e confiar na saúde pública, pensar no futuro dos filhos, comprar o necessário para viver, ter direito a dignidade e a um cuidado sério dos nossos governantes é uma possibilidade cada vez mais distante p todos nós. Peço aqui aos senhores responsáveis por uma nação que pensem em todos nós com o coração livre de qualquer interesse político ou próprio e moralmente cuidem do nosso país de forma a permitir que todos nós tenhamos direitos preservados e por favor respeitem o dinheiro público, ele como o nome diz, deve servir as necessidades do povo. Parem com a falsa ignorância de achar que o que está acontecendo é somente pelo aumento do transporte público. É também! Mas a grande verdade é que o brasileiro não aguenta mais o que esta acontecendo. Nós queremos e merecemos ter orgulho de ser brasileiro".


A modelo Yasmin Brunet postou uma foto suas de olho roxo no Instagram e comentou: "Isso é por nossos direitos! Não é pelos 20 centavos. É pela ditadura e democracia inexistente, repressão e opressão, correntes e prisão sem muros, a roubalheira do governo, pela falta de atenção e prioridade da saúde e educação, pela violência. Nós somos Brasileiros e não fugimos à luta! "A ditadura perfeita terá as aparências da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão" Aldous Huxley #doiemtodosnos #mudabrasil".

Por Juliana Falcão (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente