Casamento real - nos bastidores da Abadia de Westminster

Nos bastidores da Abadia de Westminster

Foto/Reprodução

Finalmente o Príncipe William e Kate Middleton - agora Duquesa de Cambridge - podem ser chamados de marido e mulher. Depois de quebrada a curiosidade e a especulação em torno do tão esperado casamento real, começam a pipocar as peculiaridades, bizarrices e até gafes da cerimônia. Confira algumas a seguir:

O buquê, combinando com a delicadeza do vestido, foi pensado como uma homenagem da noiva ao príncipe. Elaborado pelo florista Shane Cannoly, que arborizou a Abadia de Westminster, contém flores britânicas com o nome popular de Sweet William, que significa Doce William.

O príncipe Harry, conhecido por andar às vezes fora da linha, manteve sua tradição e quebrou o protocolo durante a cerimônia. Enquanto Kate era conduzida pelo pai ao altar, ele e o irmão deveriam ter permanecido de costas. Mas Harry olhou para trás duas vezes e, rindo, contava o que acontecia.


Como se não bastassem todas as mordomias, dois bolos foram feitos para agradar os noivos. De frutas e adornado com 16 flores simbolizando a felicidade (rosa), a ternura (líria) e o casamento (hera), um deles foi encomendado por Kate à famosa confeiteira Fiona Cairns. O outro foi feito a pedido de William pela confeitaria McVitie´s. De chocolate, esse seria o bolo preferido do príncipe desde sua infância.

Por Giulia Lanzuolo (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: glitter casamento real casamento