Carolina Dieckmann de tirar o fôlego

Carolina Dieckmann de tirar o fôlego

Divulgação/ Nova

Não é à toa que Gisele Bündchen declarou que acha Carolina Dieckmann uma das mulheres mais lindas do mundo. Ela é mesmo. Na capa da revista Nova de outubro, a atriz mostra sensualidade e boa forma, tudo com a cara de menininha de sempre.

Na entrevista que concedeu à publicação, Carol falou do ótimo clima que mantém com o marido, Tiago Worcman e de como resgatou o romance com ele depois do nascimento do segundo filho, José. Os dois vivem juntos há seis anos e a atriz transpira paixão quando fala do amado. Mas não foi sempre assim. "Depois da gravidez, a gente fica se sentindo um lixo", revelou Carol. "É difícil separar a mulher da mãe. Por isso, quando o José completou um ano, resolvi passar cinco dias na Bahia com o Tiago, só nós dois. É fundamental o casal ter um momento só seu, sem interferência dos filhos, mesmo que sejam duas saídas por mês. Nós marcamos um jantar romântico por semana. Já me preparo, faço manicure, depilação. Ajuda a resgatar a vaidade, a sexualidade."

Fora isso, eles precisam lidar com a fama dela, com as revistas de fofoca, com o trabalho em si. Ele, que é diretor de programa de tevê, lida tranquilamente com tudo isso. A ciumenta é Carol, com direito a apelido e tudo. "Acho que tenho direito de ter ciúme do meu marido, não? Ele é um gatinho e preciso mesmo ficar ligada", disse. Tiago apelidou carinhosamente Carol de jaguatirica. "Você pode ter em casa, mas ninguém domestica", diz ela, repetindo as palavras dele, que a presenteou com uma joia desenhada com a carinha do felino.

Carolina Dieckmann de tirar o fôlego

Divulgação/ Nova


Quanto à forma que exibe nas praias cariocas - e nas capas de revista - Carol, 31 anos, revela que seu corpo mudou 100% depois das duas gestações [ela é também mãe de Davi, fruto da relação com Marcos Frota]. "O quadril e os seios diminuíram. E eu gostei da transformação. Meu ideal é pesar sempre 50 quilos. Mas não sou fanática por bumbum durinho. Aliás, acho cafona mulher musculosa demais. Não quero estar metralhada de celulite, mas ter uma ou outra é ok. Prefiro curvas mais naturais, harmoniosas e femininas".

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente