Cameron Diaz é o nome de celebridade mais perigoso da web

Cameron Diaz é o nome de celebridade mais perigoso

Talvez pelo rosto inocente e pela beleza fique difícil de acreditar, mas Cameron Diaz é a celebridade mais perigosa do mundo virtual. Calma, ela não vai mandar vírus para seu computador. Mas hackers usam muito o nome dela para atrais pessoas para sites nada seguros.

Uma pesquisa quanto às ameaças virtuais, realizada pela McAfee, Inc., pesquisou celebridades, atletas, músicos, políticos, comediantes e estrelas de Hollywood mais perigosos da Web. Os astros de cinema e as modelos estão nas primeiras posições dos mais perigosos. Já os políticos são os mais seguros. O que os cibercriminosos fazem é usar o nome dos famosos para atrair as pessoas para sites que, na realidade, estão infestados de softwares mal-intencionados.

Quem buscar vídeos ou fotos mais recentes pode acabar tendo o computador invadido, em vez de encontrarem simplesmente conteúdo inofensivo.

A pesquisa levantou que as buscas por Cameron Diaz têm 10% de chance de levar a um site mal-intencionado. Os fãs que pesquisam pelo nome dela correm o risco de se deparar com ameaças on-line desenvolvidas para roubar informações pessoais. Ao clicar nesses sites perigosos e baixar arquivos como fotos, vídeos e protetores de tela, os usuários e consumidores ficam expostos ao risco de baixar vírus e malware.

Atualmente, a loira foi destaque em filmes de grande bilheteria: "Encontro

Explosivo" e "Shrek para Sempre". Quando as palavras-chave "Cameron Diaz e protetores de tela" foram inseridas na busca, 19% dos sites foram identificados como portadores de downloads mal-intencionados. Além dela, a lista tem outras atrizes de Hollywood, como Julia Roberts, que logo estará cartaz com "Comer, Rezar, Amar". O risco geral de pesquisar o nome da atriz é de 9%.

Jessica Biel - a celebridade mais perigosa do ano passado - continua a ser destaque por seu relacionamento conturbado com Justin Timberlake, além de por ter participado do filme "Esquadrão Classe A" em junho de 2010. Uma pesquisa por "Jessica Biel e protetores de tela" geram uma taxa de 17% de risco de acessar um site perigoso.

Duas modelos brasileiras também entraram na lista de perigosas da net. Os usuários que pesquisam "Gisele Bündchen e protetores de tela" têm 15% de chance de ter seus computadores invadidos por spyware, malware ou vírus. O nome de Adriana Lima, Victoria’s Secret Angel desde 2000, pode direcionar os usuários a sites classificados como inadequados.

A lista de celebridades mais perigosas conta ainda com Brad Pitt, Jennifer Love Hewitt, Nicole Kidman, Tom Cruise, Heidi Klum, Penélope Cruz e Anna Paquin. O ícone adolescente Justin Bieber ficou em um dos últimos lugares da lista, ocupando a 46ª posição. Recentemente, ele bateu recorde no YouTube, com mais visualizações que Lady Gaga (37ª). Outras jovens estrelas, como Miley Cirus (44ª) e Zac Efron (40ª), também apresentaram pesquisas relativamente seguras.


Do mundo dos esportes Maria Sharapova e Andy Roddick ficaram em 13º e 14º lugares, respectivamente. A maior parte dos sites arriscados foi detectada em pesquisas de protetores de tela com esses atletas considerados muito sexy. Este ano, David Beckham ficou na 29ª posição e Tiger Woods, com o 33º lugar. Barack Obama (49ª posição) e Sarah Palin (50ª) ficaram na "lanterninha" e não estão entre as personalidades mais perigosas.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente